» mais
Comentar           Imprimir
Saúde
Sexta, 03 de novembro de 2017, 11h01

Confederação chama movimento municipalista para se envolver na campanha Novembro Azul


.

A partir de quarta-feira, 1º de novembro, o rosa deu lugar ao azul e a saúde do homem ganha destaque no cenário mundial. Durante todo o mês, a campanha Novembro Azul chama a atenção para o câncer de próstata e para a importância dos exames preventivos. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) chama o movimento municipalista para se envolver nessa mobilização, e incentiva os gestores locais a promoverem ações com a comunidade local.

Um dos focos da mobilização mundial é incentivar os homens a manterem consultas de rotina com urologista, uma vez que doença em seu início não apresenta nenhum sintoma. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre público masculino e são mais de 61 mil pacientes diagnosticados com a doença.

Para piorar ainda mais o cenário, atualmente dois em cada dez diagnósticos são confirmados em fases mais avançadas da doença, o que torna o tratamento mais difícil. O conselho dos médicos especialistas é a prevenção, partir dos 50 anos, por meio do exame físico da próstata e o Antigénio Prostático Específico (PSA - sigla em inglês).

A campanha mundial começou um Pub, na Austrália, em 1999, quando um grupo de amigos teve a ideia de deixar o bigode crescer durante todo o mês como apoio à conscientização da saúde masculina e arrecadação de fundos para doação às instituições de caridade. O mês foi o escolhido, justamente, por comemorar o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, em dia 17 de novembro.

Nacional

No Brasil, a iniciativa foi impulsionada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia, e já conta com adesão de diversos órgãos públicos, inclusive de Municípios. Além do laço azul, o bigode preto é símbolo da campanha e a proposta é incentivar a população a usar a cor azul, e os homens deixarem crescer o bigode e a barba.

A CNM disponibiliza em seu site, informações especificas para os gestores trabalharem a campanha com o cidadão. Destacando, neste caso, a importância de incentivar as ações preventivas ao câncer e o cuidado à saúde do homem. As estratégias locais podem ser desenvolvidas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), hospitais e clinicas, envolvendo atividades de conscientização, palestras, entrega de materiais impressos, além de dispor profissionais de saúde em horários alternativos para o atendimento exclusivo dos homens. As unidades de saúde podem ganhar o tom azul em sua decoração para fazer menção a campanha e ajudar a fortalecer o movimento.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114