» mais
Comentar           Imprimir
Saúde
Quarta, 13 de dezembro de 2017, 11h35

Hospital realizou mais de 1200 cirurgias cardíacas em crianças


.

Mais de 1200 "coraçõezinhos" da região Centro-Oeste foram restaurados pelo serviço de cirurgia cardiopediátrica do Hospital Infantil e Maternidade Femina, em 14 anos de funcionamento. Desde a implantação a Unidade se tornou referência no Estado de Mato Grosso quando o assunto é cirurgia em corações dos pequenos.

De acordo com a cirurgiã cardiovascular, Ana Helena Dotta, que atua na Femina, o serviço é credenciado pelo Ministério da Saúde e as cirurgias são monitoradas pela pasta. "O Serviço de Cirurgia Cardiopediátrica na Femina foi implantado em 2003 justamente para realizar procedimentos em crianças que até então não tinham um serviço de referência para este tipo de intervenção", lembra.

Hoje a infraestrutura da Unidade e a equipe de cirurgiões e anestesistas são destaques. Em todo o país há 64 centros especializados em cirurgia cardiopediátrica e em Mato Grosso, a Femina é a única instituição habilitada e credenciada pelo Ministério da Saúde para a realização deste tipo de cirurgia.

A Femina atende desde crianças recém-nascidas que precisam de cirurgias eletivas (não urgentes) até crianças que nascem com problemas graves. "Atendemos crianças do Estado inteiro e até de estados vizinhos, não só por convênios, mas também pelo Sistema Único de Saúde (SUS) as quais são encaminhadas pela Central de Regulação para consulta e avaliação", comenta.

Ana Helena explica que os RN nascidos com até 38 semanas de idade gestacional, apresentam maior probabilidade de nascer com um tipo de cardiopatia chamado de Persistência do Canal Arterial e quanto mais cedo for realizado o diagnóstico, menor repercussão dos problemas. "Um dos grandes marcos dessa jornada é que obtivemos sucesso até mesmo com recém nascidos que pesavam menos de 1 quilo", cita a médica.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114