Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Saúde
Quarta, 13 de junho de 2018, 11h15

Anvisa aprova três novos medicamentos biológicos


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) registrou mais três medicamentos biológicos novos para comercialização no mercado nacional. O primeiro é o Bavencio (avelumabe), produto para tratamento de doença rara, aprovado para o uso em monoterapia (utilização de um só medicamento) em pacientes adultos com carcinoma (tumor) de células metastáticas Merkel (MCC), tipo incomum de câncer que exibe características clínicas agressivas.

O segundo foi o Duavive, indicado para tratamento de sinais e sintomas associados à queda de estrogênio (hormônio feminino), fato que causa desconfortos à mulher, tais como ondas de calor. Esse produto foi aprovado para o tratamento de sintomas vasomotores (nervos responsáveis pela contração e pelo relaxamento de vasos sanguíneos) classificados como moderados a graves e associados à menopausa.

O Duavive é uma combinação inovadora de hormônios estrogênios conjugados e de acetado de bazedoxifeno. Este último atua inibindo os efeitos negativos associados ao uso isolado do hormônio feminino. Pode ser utilizado após a ocorrência da menopausa em mulheres que ainda tenham útero e com registro da última menstruação natural há mais de 12 meses.

O terceiro produto aprovado foi o medicamento Fasenra (benralizumabe), indicado como tratamento adjuvante (reforço) de manutenção para asma grave com fenótipo eosinofílico em pacientes adultos.

Os novos registros foram publicados pela Anvisa no Diário Oficial da União (DOU) do dia 4 de junho 2018.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114