» mais
Comentar           Imprimir
Saúde
Quinta, 21 de junho de 2018, 17h24

Espirometria é recomendada para prevenção e controle de doenças respiratórias


.

No dia 21 de junho é comemorado o Dia Nacional de Controle a Asma, umas das principais doenças respiratórias crônicas, que acomete as vias respiratórias e o pulmão. A espirometria é o exame recomendado para avaliar o funcionamento pulmonar e auxiliar no diagnóstico de problemas respiratórios como a asma, por exemplo. Este exame pode ser realizado na Vida Diagnóstico e Saúde, localizada em Várzea Grande, e dura cerca de 30 minutos.

Espirometria, ou exame de sopro, serve para medir o volume e a velocidade do ar com o objetivo de diagnosticar doenças pulmonares e respiratórias. Geralmente o paciente estará sentado e deverá respirar através de um tubo contendo um bocal, conectado ao espirômetro. Uma presilha de borracha tapará seu nariz, garantindo que toda respiração seja feita pela boca e tenha que passar pelo aparelho, o procedimento é simples e indolor.

De acordo com a pneumologista Keila Maia, o exame pode revelar problemas antes mesmo dos sintomas aparecerem. "Neste período de inverno as pessoas sofrem mais com problemas respiratórios, e a asma é um destes problemas. Aplicamos este exame também para o controle desta doença. Um exemplo foi de um paciente asmático, que veio realizar um exame de rotina, aparentemente estava tudo bem, realizou o exame e foi detectado que o pulmão não estava funcionando bem", ressalta.

A pneumologista ainda aponta o exame de espirometria como fundamental na saúde ocupacional. "Trabalhadores com contato direto com poluentes e partículas que fazem mal a saúde devem realizar com frequência o exame de espirometria, pois além de ajudar no controle, o exame também trabalha na prevenção de doenças respiratórias", aponta.

O exame também é recomendado para fumantes e ex-fumantes, pessoas com tosse com ou sem catarro com duração maior que dois meses, cansaço físico aos esforços e para pessoas que queiram avaliar a capacidade respiratória, como atletas por exemplo.

Segundo Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) do Ministério da Saúde e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Brasil cerca de 6,4 milhões de brasileiros acima de 18 anos, sofrem com a asma e de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 235 milhões de pessoas pelo mundo sofrem com a asma.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114