» mais
Comentar           Imprimir
Saúde
Quarta, 11 de julho de 2018, 15h03

Campinas vacina funcionários de Viracopos contra o sarampo


A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas inicia amanhã (12) a vacinação de funcionários do Aeroporto Internacional de Viracopos contra o sarampo. Na semana que vem, a pasta deve imunizar funcionários da rodoviária da cidade contra a doença. A campanha oficial de vacinação contra o sarampo, aberta à população, será mantida na data estipulada pelo Ministério da Saúde, de 6 a 31 de agosto.

A Prefeitura de Campinas informou, entretanto, que todos os 64 postos de saúde do município já contam com doses da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola. A orientação é que qualquer adulto ou criança que não esteja com o calendário de vacinação em dia procure uma das unidades para ser imunizado. A cobertura vacinal para o sarampo na cidade é de 77,7% e a meta é chegar a 95%.

O Calendário Nacional de Vacinação prevê a primeira dose da vacina tríplice viral aos 12 meses e a segunda, da vacina tetra viral (também protege contra a catapora), aos 15 meses. Pessoas com idade entre 15 meses e 29 anos não vacinadas devem tomar duas doses da tríplice viral, com intervalo de um mês entre elas. Já adultos de 30 a 58 anos não vacinados devem tomar uma dose única da tríplice viral.

A doença
O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmissível e extremamente contagiosa. Complicações infecciosas contribuem para a gravidade do quadro, particularmente em crianças desnutridas e menores de um 1 ano de idade.

Os sintomas incluem febre alta acima de 38,5°C; erupções na pele; tosse; coriza; conjuntivite; e manchas brancas que aparecem na mucosa bucal, conhecidas como sinais de Koplik e que antecedem de um a dois dias antes do aparecimento da erupção cutânea.

A transmissão do sarampo acontece de quatro a seis dias antes e até quatro dias após o aparecimento do exantema (erupção cutânea). O período de maior transmissibilidade ocorre dois dias antes e dois dias após o início da erupção cutânea.

ABr


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114