» mais
Comentar           Imprimir
Saúde
Quarta, 27 de fevereiro de 2019, 18h22

Policiais civis da DRE doam sangue para ajudar MT-Hemocentro


Para ajudar a aumentar o estoque de bolsas de sangue do MT-Hemocentro, 20 policiais civis, entre delegados, investigadores e escrivães, lotados na Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), participaram na manhã desta quarta-feira (27.02) da campanha que incentiva a doação de sangue antes do início do carnaval.

A iniciativa em reunir o efetivo partiu do delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira. Ele já havia realizado o gesto no período em que comandou a Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva). “Como policial protegemos e servimos à sociedade. Então, estamos literalmente ‘dando o sangue’ em prol da sociedade mato-grossense, com o objetivo de chamar atenção para a importância da doação de sangue”, disse.

Um dos participantes, o investigador Antônio Figueiredo é doador com carteirinha do Hemocentro desde 2003. “O processo é muito tranquilo, não dói, não tem estresse. Só precisa seguir as orientações, tanto antes quanto depois da doação, e ter boa saúde”, contou o policial.

Para a escrivã Néria Carvalho somente quem já precisou de sangue, seja para si próprio ou para algum familiar, sabe da importância do gesto, que pode salvar vidas. “É tão pouco para quem doa e muito para quem recebe”, afirmou. Muitos policiais aproveitaram a oportunidade para se informar sobre os procedimentos para se tornar doador de medula óssea.

O MT-Hemocentro, único banco de sangue público de Mato Grosso, necessita aumentar o estoque de sangue no período do Carnaval, para atender diversos pacientes hospitalizados em hospitais da região metropolitana, principalmente aqueles em situações de emergências que foram vitimas de acidentes de trânsito, pacientes com cirurgias agendadas e outros em tratamento de doenças hematológicas. Uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas.

Horário de funcionamento

O MT Hemocentro está localizado na Rua 13 de Junho, nº 1055, bairro Centro-Sul, em Cuiabá. O horário de atendimento é de segunda a quinta-feira, das 7h às 17h30.

Quem pode doar

O Ministério da Saúde recomenda que o doador compareça à unidade portando um documento oficial com foto, tenha mais de 50 quilos, esteja em bom estado de saúde e tenha uma alimentação saudável.

Homens podem fazer até quatro doações anuais, com prazo de dois meses entre cada uma. Já as mulheres podem fazer três doações por ano, com um espaço de quatro meses. Os candidatos precisam ter mais de 16 e menos de 70 anos. Os menores de idade precisam de autorização de um responsável.

Em cada coleta é retirado um volume aproximado de até 450 ml de sangue. Recomenda-se, nas primeiras horas pós-doação, descanso, evitar atividade física e ingestão de bebida alcoólica.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114