Cuiabá | MT 04/12/2021
Saúde
Sexta, 23 de julho de 2010, 12h42
Doação

Recredenciamento é uma das ações previstas no PAS da Saúde


O Ministério da Saúde (MS) editou a Portaria número 355, de 14 de julho de 2010, autorizando Mato Grosso a retomar o serviço de transplantes de córnea. A partir de agora as captações de doações de córnea serão realizadas pelo Banco de Olhos de Mato Grosso, uma vez que a Portaria, no seu Artigo 1º, renovou a autorização para funcionamento, no Hospital de Olhos de Cuiabá.

O secretário de Estado de Saúde, Augusto Amaral, disse que “uma das ações previstas no PAS da Saúde é a reorganização e retomada dos serviços de transplantes em Mato Grosso com perspectiva de implementação de serviços. Para tanto o Estado, junto com o Ministério da Saúde, vem buscando os credenciamentos e a regularização dos mesmos visto que é intenção do Estado dar à Central Estadual de Transplantes dinâmica, estrutura, e busca de Unidades de Saúde parceiras e equipes especializadas a fim de alavancar os serviços de transplantes em Mato Grosso. O primeiro passo está sendo dado com o transplante de córnea, na reabertura do serviço. Em breve estaremos abrindo outras frentes”.

Dentro da dinâmica do PAS da Saúde o Estado também está retomando a organização dos demais serviços da Central de Transplantes (CT), da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES/MT), trabalhando junto ao MS na regularização dos transplantes de rins, enxerto ósseo e medula óssea.

A coordenadora da Central de Transplantes, Fátima Melo, alertou que nenhum paciente de Mato Grosso ficará sem atendimento em suas necessidades de transplantes de qualquer ordem.

“Até que todos os outros serviços de transplantes (rins, enxerto ósseo e medula óssea), que estão em fase de conclusão do recredenciamento junto ao MS, sejam autorizados a retornar suas atividades, os pacientes que necessitarem desses transplantes serão encaminhados para Tratamento Fora de Domicílio (TFD), sistema onde contam com transporte e encaminhamento a unidades de saúde fora do Estado para o necessário atendimento”, explicou Fátima Melo.

CÓRNEAS/FLUXO – Fátima Melo informou que em Mato Grosso existe um Cadastro Técnico Único de Córneas com 344 pessoas inscritas para o recebimento de doações. Assim que a córnea é captada, avaliada e processada, o Banco de Olhos de Mato Grosso, disponibiliza a mesma para o paciente rankeado pelo sistema de transplantes, explicando ela que a Central identifica então, no Cadastro Técnico Único de Córneas, qual é o paciente que irá receber o transplante (obedecendo a fila) , informa à Equipe Transplantadora responsável pelo paciente da disponibilização da córnea. Essa equipe então, agenda a data e hora do transplante e comunica a central para que a mesma entre em contato com o paciente.

Fátima Melo ressaltou que esse processo precisa ser rápido já que as córneas têm prazo de validade de 14 dias em meio de preservação. Após esse prazo perdem a qualidade e precisa ser descartadas.

SÉRIE HISTÓRICA – Uma série histórica dos transplantes de Córneas no Estado mostra que o serviço vem avançando gradativamente desde o ano de 2006, quando esse tipo de transplantes foi implementado em Mato Grosso.

Em 2006 foram realizados 48 transplantes no Estado. Em 2007 esse número saltou para 154 transplantes, aumentando para 162 em 2008. De janeiro a junho de 2009 foram realizados 117 transplantes de Córneas em Mato Grosso. E em 2010 já foram feitos 10 transplantes até a presente data.




Busca



Enquete

Com Emanuel afastado, o vice Stopa traz recursos do governo Mauro. O que você acha?

Com Stopa Cuiabá só tem a ganhar
Emanuel fazia birra e Cuiabá perdia
Mauro poderá fazer muito mais por Cuiabá com Stopa
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114