» mais
Comentar           Imprimir
Agronegócio
Terça, 14 de novembro de 2017, 00h39

Embrapa capacita agentes multiplicadores para criação de abelhas sem ferrão


Estão abertas as inscrições para a capacitação de agentes multiplicadores em criação de abelhas sem ferrão – módulo 1 (básico), coordenado pelos pesquisadores da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) Katia Braga e Ricardo Camargo. O curso será em 19 e 20 de dezembro de 2017, na Embrapa Meio Ambiente e tem o objetivo de transferir o conhecimento básico necessário para iniciar e fortalecer a criação de abelhas sem ferrão como fonte de renda, de integração com sistemas agrícolas e de conservação da biodiversidade.

.

Conforme Kátia Braga, “nos últimos anos, os temas abelhas, polinização e a relação desses polinizadores com a agricultura têm tido destaque na mídia internacional e nacional, principalmente pelo declínio dos polinizadores e a mortalidade de abelhas causada pelo uso de agrotóxicos. Nesse sentido, o conhecimento sobre as abelhas sociais nativas do Brasil, as abelhas sem ferrão (ASF), tem sido demandado por um número cada vez maior de brasileiros e despertado o interesse pela sua criação, denominada Meliponicultura”.

“Refletindo esse interesse pelo tema, a cada ano que passa, a demanda por informações sobre o manejo e a criação dessas abelhas, tem crescido na Embrapa Meio Ambiente”, enfatiza Ricardo Camargo.

A meliponicultura, além de ser uma atividade geradora de renda com a produção de mel e de outros produtos como pólen e própolis, por depender da vegetação como principal fonte de recursos para as abelhas, contribui sobremaneira para a conservação da biodiversidade, podendo ser integrada a sistemas agroecológicos de produção melhorando a polinização agrícola e, consequentemente, a produtividade das culturas.

Programa

19 de dezembro
8h – recepção e abertura
8h30 – Palestra: Biologia comparativa Apis X ASF (Kátia Braga e Ricardo Camargo)
9h30 – Palestra: Legislação e Meliponicultura (Ricardo Camargo)
10h30 – Intervalo
10h45 – Prática 1: Biologia das ASF in loco (Kátia Braga)
11h45 – Prática 2: Instalação, Povoamento e Organização do Meliponário (Ricardo Camargo)
12h45 – Almoço
14h15 – Prática 3: Confecção e instalação de armadilha, captura e transferência de ninho (Ricardo Camargo)
15h45 – Intervalo
16h00 – Prática 4: Diversidade de abelhas: conservação e agricultura (Kátia Braga)
17h40 – Encerramento

20 de dezembro

8h – Atividade para revisão de conteúdos
8h30 – Palestra: Reprodução das ASF e multiplicação de colônias (Ricardo Camargo)
9h30 – Palestra: Polinização integrada aos sistemas agrícolas (Kátia Braga)
10h30 – Intervalo
10h45 – Prática 5: Multiplicação de colônias (Ricardo Camargo)
11h45 – Prática 6: Recursos florais e os produtos das abelhas (Maria Aico Watanabe e Kátia Braga)
12h45 – Almoço
14h15 - Prática 7: Produtos das abelhas sem ferrão (Ricardo Camargo)
15h25 - Prática 8: Criação integrada ao sistema produtivo (Kátia Braga)
16h40 – Intervalo
17h00 – Atividade para revisão de conteúdos e avaliação do curso
17h40 – Encerramento

Inscrições e mais informações pelo link https://www.embrapa.br/meio-ambiente/curso1

 

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114