» mais
Comentar           Imprimir
Agronegócio
Quinta, 11 de janeiro de 2018, 06h31

Pesquisa incentiva popularização do pagamento por serviços ambientais hídricos


A grande de demanda pela água no Brasil exerce grande pressão sobre os mananciais localizados muitas vezes em áreas rurais. Desta forma, o manejo da água pelo produtor rural é fundamental para a manutenção e abastecimento do recurso.

Pensando em maneiras de incentivar o homem do campo a adotar práticas conservacionistas em sua propriedade, pesquisadores da Embrapa Solos buscam incentivar a popularização do pagamento por serviços ambientais hídricos (PSA hídrico), um instrumento de compensação que está se tornando mais comum no Brasil e que, no campo, contribui com a provisão de serviços ambientais, valorizando o papel do produtor na conservação, premiando aqueles que conservam os solos, protegem as matas e recuperam nascentes e matas ciliares

.

Nesta edição do programa Dia de Campo na TV, será apresentado o programa Produtores de Água e Floresta (PAF), no estado do Rio de Janeiro, que começou em 2007, em microbacias da bacia do rio Guandu, responsável pelo abastecimento de 80% da água consumida na capital fluminense e nos demais municípios localizados em sua região metropolitana. Além disso, 25% da energia elétrica do estado são geradas nas hidrelétricas abastecidas pela bacia. Nesta área, com a parceria da The Nature Conservancy (TNC), a população local e a equipe técnica buscam aplicar na prática muitos dos métodos e conhecimentos obtidos com a pesquisa

O resultado do trabalho do grupo de cientistas resultou no “Manual para pagamento por serviços ambientais hídricos: seleção de áreas e monitoramento”, lançado no segundo semestre de 2017, disponível para download gratuito em www.embrapa.br/solos .Também são parceiros da Embrapa no trabalho a Agência Nacional de Águas (ANA) e a Fundação Boticário.

O Dia de Campo na TV “Pagamentos por serviços ambientais hídricos no Brasil com uso de ferramentas de apoio” foi produzido pela Embrapa Informação Tecnológica (Brasília-DF) em parceria com a Embrapa Solos (Rio de Janeiro-RJ), unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Além do tema principal o programa aborda outros assuntos nos quadros – Agência Embrapa de Notícias, Sempre em Dia; Repórter em Campo; Na Mesa; Quem quer ser cientista; Minuto do Livro e Ciência e Tecnologia em Debate.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114