» mais
Comentar           Imprimir
Agronegócio
Quarta, 07 de fevereiro de 2018, 13h27

Modelo de gestão da fazenda Perdizes é considerado destaque em inovação


.

Localizada entre os municípios de Porto dos Gaúchos e Tabaporã, a fazenda Perdizes, uma das quatro propriedades do grupo gaúcho SLC Agrícola em Mato Grosso, é o destaque em inovação no modelo de gestão de propriedade na região noroeste de Mato Grosso na 3ª Edição do Prêmio Sistema Famato em Campo que aconteceu no final de 2017.

 

.

Esta é a quarta matéria de uma série especial divulgada pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) com o objetivo de apresentar cada uma das sete propriedades rurais que participaram da premiação no ano passado.

 

A fazenda Perdizes está em sua sétima safra sob o comando da SLC Agrícola. Antes da aquisição, a fazenda operava com grãos e pecuária. Desde 2012, quando o grupo assumiu a unidade, foram feitas diversas melhorias na infraestrutura onde hoje são cultivados soja na primeira safra e milho na segunda safra em 14,8 mil hectares. A partir da safra 2014/2015, a fazenda passou a ser operada em conjunto com Grupo Mitsui (SLC-Mit).

 

A empresa possui capital aberto com 49% das operações na bolsa de valores e investe na estrutura organizacional, na gestão de pessoas e na implantação de processos operacionais. O grupo acredita que as pessoas motivadas são muito mais produtivas e por isso desenvolvem vários programas para alicerçar essa forma de pensar. A SLC busca resultados sustentáveis, sendo eles economicamente viáveis, socialmente justos e sustentavelmente responsáveis.

 

"Impactar positivamente gerações futuras sendo líder mundial em eficiência no negócio agrícola e respeito ao planeta é o que o grupo chama de sonho grande. Na fazenda Perdizes desenvolvemos o Programa de Segurança, Qualidade e Produtividade (SPQ), matriz de todos os outros programas, para alicerçar esse mote", informa o gestor de Relações Humanas Leandro Alves.

 

Segundo o representante da fazenda, a inovação da Perdizes está justamente neste modelo de gestão que entende que o colaborador é o bem mais importante da empresa. "A grande sacada está em acreditar que todo funcionário bem treinado, bem desenvolvido e motivado gera muito mais lucro. Por isso, trabalhamos para formar nossos profissionais, motivá-los e de certa forma ter um diferencial em relação à eficiência e na formação de pessoas que estão alinhadas com nossa cultura e valores", acrescenta o gestor de RH da Perdizes.

 

Entre as inúmeras ações desenvolvidas na fazenda, Leandro Alves destaca a campanha "Acidente Zero", que se propõe a conscientizar os colaboradores sobre as práticas de saúde e segurança já existentes na organização, visando promover o comportamento seguro e alcançar a meta zero em acidentes.

 

Outra campanha que também é fomentada na Perdizes é a "Consumo Consciente" que alerta o colaborador para a sua responsabilidade socioambiental. Um programa de educação continuada está em operação na fazenda, a meta é que cada colaborador encerre o ano com 50 horas de treinamento. Academia de líderes e programa de trainee são outros programas de notoriedades implantados na Perdizes na busca por pessoas qualificadas e que compreendam a cultura da empresa.

 

A fazenda conta ainda com um programa de inovação para captar as ideias dos colaboradores que muitas vezes não saíam das rodas de conversas. Os donos das ideias aprovadas recebem uma bonificação de R$ 300,00. Se a ideia for colocada em prática, o valor pode chegar a R$ 5000,00. "Hoje temos 87 ideias aprovadas e 36 foram aplicadas", conta o gestor de RH da fazenda.

 

A questão ambiental também é prioridade na fazenda, com destaque para o reaproveitamento de resíduos, reutilização de água por meio de deionizador dos poços de lavagem dos pulverizadores, reciclagem de lixo e tratamento de 100% do esgoto doméstico da fazenda.

 

Sobre o prêmio – O Prêmio Sistema Famato em Campo é uma iniciativa da Famato, do Senar-MT e do Imea. Surgiu em 2015 com o objetivo de identificar no estado práticas diferenciadas da pecuária de Mato Grosso.

 

Na segunda edição, em 2016, buscou fazendas que desenvolvem sistemas com integração de culturas diversificadas, incluindo produção agrícola, pecuária e floresta.

 

Em 2017, o foco foi identificar propriedades rurais que apostassem em inovação criativa, além de reconhecer o esforço dos produtores rurais empreendedores que investem no conhecimento de novas tecnologias para atender mercados crescentes de qualidade e inovação na produção.

 

As sete propriedades receberam o troféu Sistema Famato em Campo. Entre elas também estão as que foram reconhecidas como referências em suas respectivas regiões em Mato Grosso. E duas fazendas foram escolhidas para participar de uma Missão Técnica no exterior em 2018.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114