» mais
Comentar           Imprimir
Agronegócio
Quarta, 11 de julho de 2018, 04h38

Homenagens aos desbravadores do trigo brasileiro


.

Os mais de 300 participantes da 12ª Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale reconheceram o trabalho realizado por três pesquisadores que dedicaram a carreira ao desenvolvimento do trigo no Brasil. A cerimônia foi realizada na noite de 03/07, durante jantar de confraternização do evento.

O trabalho com o trigo começou há mais de 40 anos para três pesquisadores que marcaram o setor técnico e científico no País, deixando um legado de diversos resultados de pesquisa, como cultivares e sistemas de produção, com impactos no aumento da área e da produtividade do trigo brasileiro. As ações envolveram parcerias e intenso trabalho de transferência de tecnologia para levar o conhecimento da pesquisa ao produtor, gerando renda e desenvolvimento no campo e na cidade.

FRANCISCO DE ASSIS FRANCO foi homenageado pelas contribuições relevantes prestadas ao desenvolvimento desse cereal no País a partir do trabalho realizado em melhoramento genético e criação de cultivares no SISTEMA OCEPAR-COODETEC.

VANDERLEI DA ROSA CAETANO, pelas contribuições relevantes prestadas ao desenvolvimento desse cereal no País a partir do trabalho pioneiro na elucidação dos patossistemas trigo-BYDV/Vírus do Nanismo Amarelo da Cevada (1968) e trigo-SBWM/Vírus do Mosaico Comum (1978).

BENAMI BACALTCHUK, pelas contribuições relevantes prestadas ao desenvolvimento desse cereal no País a partir do trabalho realizado em difusão e transferência de tecnologia, comunicação e gestão na Embrapa Trigo.

A 12ª Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale acontece de 3 a 5 de julho, no auditório da Faculdade de Direito na Universidade de Passo Fundo, em Passo Fundo, RS. A promoção é da Embrapa Trigo, com patrocínio da CORTEVA, COAMO e Biotrigo, e apoio da UPF e CAPES. Informações no site http://www.reuniaodetrigo2018.com.br.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114