» mais
Comentar           Imprimir
Agro
Quarta, 05 de dezembro de 2018, 06h33

Embrapa realiza curso de meliponicultura em Marabá (PA)


O manejo de abelhas nativas sem ferrão é tema de curso que a Embrapa Amazônia Oriental realiza nos dias 5 e 6 de dezembro, em Marabá (PA). É a primeira capacitação do projeto Agrobio na região, que visa gerar renda e aumentar a produtividade dos agricultores familiares na Amazônia Legal.

A capacitação ocorre na sede do Instituto Federal Rural de Marabá, parceiro do projeto e tem como público prioritário, alunos de cursos técnicos da instituição, em grande parte, filhos de agricultores de assentamentos da região, além de agentes de assistência técnica.

O Agrobio (Abelhas, variedades crioulas e bioativos agroecológicos: conservação e prospecção da biodiversidade para gerar renda aos agricultores familiares na Amazônia Legal) é um dos 11 projetos com recursos do Fundo Amazônia que a Embrapa está implementando no sudeste paraense, região eleita para receber todas as ações no Pará. Nesta primeira etapa, leva à Marabá as tecnologias geradas ou melhoradas pela Embrapa, aplicadas à cadeia produtiva de abelhas sem ferrão, com o objetivo de gerar e melhorar a renda dos produtores, com aumento de produtividade das culturas agrícolas nos assentamentos e novas opções de negócios a partir dos produtos e subprodutos da meliponicultura, como o mel e a própolis, conforme explicou o gestor do projeto, o pesquisador Daniel Santiago.

Ainda de acordo com o pesquisador, o Agrobio teve início no segundo semestre de 2018 e atua em três frentes convergentes que reúne a meliponicultura (criação de abelhas nativas sem ferrão), o levantamento e cultivo de variedades crioulas, nesse caso, as plantas alimentícias não convencionais (Pancs) e a identificação de potenciais bioativos oriundos dessas duas atividades.

Além das capacitações, o projeto irá instalar Unidades Demonstrativas na área de assentamento, que servirão como vitrine das tecnologias da Embrapa para a região, como por exemplo a criação de abelhas para a potencialização do desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva do açaí e da meliponicultura. “A meliponicultura não visa apenas a produção de mel e derivados, mas a presença de colmeias junto as lavouras e pomares potencializam a produção de frutos, hortaliças e até grãos”, enfatizou o pesquisador.

Fundo Amazônia - O Agrobio é um dos 19 projetos em fase de execução que compõem o Projeto Integrado para a Produção e Manejo Sustentável do Bioma Amazônia, financiado com recursos do Fundo Amazônia, operacionalizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A Embrapa e parceiros atuam em todos os estados da Amazônia Legal com o objetivo de reduzir o desmatamento e promover a preservação e o uso sustentável dos recursos naturais, a partir do fortalecimento da agricultura familiar da região. No Pará, a Embrapa elegeu o sudeste paraense e a região irá receber ações de dez projetos diferentes com dezenas de atividades em diversas cadeias agropecuárias.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114