» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Terça, 31 de outubro de 2017, 14h07

CREF17\MT e Promotoria Pública de Juscimeira interditam academia da região


.

Fiscalização conjunta entre Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região de Mato Grosso (CREF17\MT) e Promotoria Pública de Juscimeira (220 KM de Cuiabá) fecha academia na cidade por irregularidades encontradas e corriqueiras que já haviam sido notificadas anteriormente e não cumpridas nos prazos estabelecidos. Os motivos da interdição, que aconteceu na última sexta-feira (27), foram falta de profissional habilitado no local, além de um profissional fora da área de habilitação na musculação.

De acordo com o presidente do CREF, Carlos Alberto Eilert, o local foi autuado pelos dois órgãos e a academia teve que fechar as portas. "A fiscalização foi realizada atendendo a uma solicitação da Promotoria, que disponibilizou um encarregado da sua equipe para acompanhar o fiscal do CREF na fiscalização do referido estabelecimento".

Eilert explicou mais uma vez a obrigatoriedade da presença de um graduado na área com registro profissional. "O risco é grande nessas situações porque as pessoas que estão na academia podem contrair alguma lesão se realizar um exercício não supervisionado. A pessoa pode até ter um problema maior como o óbito se a academia não tiver a presença de um profissional para orientar", comentou.

O presidente do Conselho aproveitou para agradecer a parceria com a Promotoria no trabalho de fiscalização. "É muito bom para o Conselho ter esse apoio da Promotoria Pública. Temos o dever de fiscalizar e cuidar da eficiência da nossa profissão e com esse apoio fica tudo ainda mais eficaz".

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114