» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Sábado, 09 de dezembro de 2017, 13h07

Secretaria de Saúde amplia equipe para Caravana em Rondonópolis


.

A 11ª Edição da Caravana da Transformação em Rondonópolis exigiu da Secretaria de Estado de Saúde um número maior de técnicos, em razão do tamanho da estrutura de atendimento para os serviços oftalmológicos, bem como quanto ao período de duração da caravana, que é o maior das últimas dez edições.

A Caravana iniciou o atendimento da área da saúde no dia 03 de dezembro e tem previsão de encerramento dos procedimentos cirúrgicos no dia 17 dezembro, além dos prazos de avaliação dos pacientes pós-cirurgia que é de até 30 dias.

Diante dessa nova realidade, o nível central da SES-MT dobrou as equipes das áreas de Vigilância em Saúde que monitoram a qualidade do meio ambiente, previne ocorrências epidemiológicas e avalia as condições sanitárias de toda a estrutura da caravana.

“A Caravana da Transformação é um evento de grande massa voltado a diversos serviços públicos de cidadania e de diferentes atendimentos em saúde (consulta, exame, cirurgia e avaliação pós-cirúrgico) requerendo maior atenção por parte da Secretaria de Estado de Saúde, especialmente no que se refere à prevenção de possíveis infecções e surtos epidemiológicos. Os servidores dos setores da Vigilância em Saúde vistoriam preventivamente e realizam algumas interferências sempre que detectar alguma situação que necessite de adequação técnica. São cuidados integrais para que tudo ocorra com segurança para todos, pacientes e para os profissionais que estão trabalhando no evento”, informou a superintendente de Vigilância em Saúde, Maria de Lourdes Girardi.

Além da equipe técnica do nível central da SES/MT, os trabalhos contam com o importante apoio do Escritório Regional de Saúde (ERS) em Rondonópolis. São mais 20 servidores da saúde do Estado auxiliando nas ações de vigilâncias sanitária, ambiental e epidemiológica, e de controle e avaliação da execução dos serviços médicos, e de regulação dos pacientes que são atendidos, além de dois médicos reguladores que fazem o trabalho de autorizar ou não os procedimentos médicos, diariamente, de acordo com o diretor do Escritório, Gilberto Roque Geremia.

“O trabalho do Escritório Regional de Saúde começou bem antes da Caravana, com a realização de várias reuniões entre a nossa equipe e os servidores da saúde do município. Realizamos um esquema de trabalho para todo o período do evento e atuamos sempre atentos a todas as possíveis intercorrências que possam surgir, de forma a prevenir os riscos", resssaltou Gilberto Geremia.

Antes de iniciar a Caravana, os técnicos da SES-MT e do ERS-MT detectaram a necessidade de adequar o teor do cloro na água destinada ao consumo dentro da estrutura da caravana, inclusive nos três centros cirúrgicos; esse monitoramento é feito diariamente para que a qualidade da água seja mantida em nível desejável, salientou Geremia.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114