Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Segunda, 11 de dezembro de 2017, 14h01

Moradores de Araputanga e região recebem serviços de cidadania


A Assembleia Itinerante encerrou 2017 com 15 mil atendimentos, nas 12 edições realizadas. A última ocorreu em Araputanga, nesta sexta-feira (08.12), consolidando os milhares de serviços de cidadania promovidos pela Assembleia Legislativa. Expectativa é que no próximo ano as ações sejam ainda maiores, a partir de fevereiro.

A mineira, dona Duzinha dos Reis, de 102 anos, chegou cedo para a consulta com oftalmologista. “É muito bom pra nós porque atende rápido e perto de casa”, comemorou a aposentada, que mora em Araputanga desde 1981.

De acordo com o coordenador do mutirão, Amarildo Monteiro, a iniciativa superou as expectativas. “Encerramos com chave de ouro a Assembleia Itinerante deste ano, com mais de 15 mil atendimentos, que representam milhares de mato-grossenses mais satisfeitos com acesso a emissão de documentos, orientação jurídica e consultas e exames médicos”, destacou.

A Mesa Diretora da ALMT já trabalha com a perspectiva de ampliar os atendimentos, um deles é o de Oftalmologia. “Verificamos que a procura por oftalmologista é muito grande. Então, quem sabe no próximo ano conseguiremos ter dois médicos dessa área”, informou.

Como nas edições anteriores, moradores aproveitaram para emitir RG, CPF, aferir a pressão arterial, teste de glicemia, fisioterapia, orientação do Procon e Defensoria Pública, consultas com oftalmologista, ginecologista, exames médicos, dentre outros serviços como cursos de capacitação especializados à Educação Infantil e Agentes de Saúde.

“Tivemos um dia intenso em Araputanga com diversos atendimentos aos moradores. Agora, vamos encaminhar as reivindicações recebidos para consolidá-los”, afirmou o presidente Eduardo Botelho.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114