» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Sábado, 16 de dezembro de 2017, 10h59

Pró-família beneficia mais de 400 famílias em estado de vulnerabilidade na região Nordeste


Foto: Jana Pessôa
.

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria do Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), beneficiou 383 famílias em estado de vulnerabilidade social com a entrega do cartão Pró-família durante passagem pela região Nordeste do Estado nos dias 13 e 14 de dezembro.

A agenda começou na quarta-feira (13.12) quando foram entregues cartões para 51 famílias do município de Canabrava do Norte e 66 cartões em Alto Boa Vista. Na quinta-feira (14.12), 32 famílias foram favorecidas em Serra Nova Dourada, 65 em Bom Jesus do Araguaia, 113 em Canarana, 105 em Campinápolis e 64 em Nova Xavantina.

Ao todo 496 famílias foram beneficiadas nos municípios da região, incluindo as profissionais da rede de proteção social, agentes de saúde e assistentes sociais. Nos próximos meses, o Governo do Estado pretende atingir a meta de 768 cartões entregues nestes cinco municípios.

Próximas entregas

As próximas entregas serão nos municípios de Alto Araguaia, Vila Bela da Santíssima Trindade e Rondolândia.

No sábado (16.12), 171 famílias serão contempladas na cidade de Alto Araguaia. Na segunda-feira (18.12), às 08h em Vila Bela da Santíssima Trindade 135 cartões serão entregues, no mesmo dia às 13h, o município de Rondolândia receberá a entrega de 45 cartões. Nesta etapa, 350 cartões serão entregues. A meta para esses municípios é de 748 famílias.

Pró-família

Atualmente, 71% dos municípios do Estado já receberam o cartão Pró-família e 13.180 famílias foram beneficiadas. O investimento do Governo no programa ultrapassa a valor de R$ 1.351.00,00. Envolve o trabalho de 1.951 profissionais Agentes Comunitários de Saúde e Assistentes Sociais.

O objetivo da estratégia do Governo do Estado é promover a melhoria das condições de vida das famílias com maior grau de vulnerabilidade social por meio da oferta de um conjunto de ações intersetoriais planejadas, levando em conta a necessidade de cada família e as especificidades do território onde ela reside.

O programa prevê ações de transferência de renda com condicionalidades, articulada com outras secretarias estaduais e instituições não governamentais, para que de forma integrada viabilizem o desenvolvimento social de famílias, com vistas à superação das vulnerabilidades e redução das desigualdades.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114