» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Quarta, 07 de fevereiro de 2018, 11h39

Falta de água no distrito de Bauxi é tratado com descaso pela gestão de Rosário Oeste


Gestores demonstram desinteresse sobre problema da falta de água em Bauxí. Quem precisa do produto para beber é obrigado buscar em uma mina. 

Redação

O problema da falta de abastecimento de água na localidade de Bauxi, distrito de Rosário Oeste, que já dura uma semana, está sendo tratado com descaso por parte do DAE - Departamento de Água e Esgoto do município. Gerson Ferreira da Silva, gerente do órgão, por telefone, disse ao PlantãoNews, que não haveria previsão para resolver a questão. Mas alertado que há crianças e mulheres grávidas passando necessidades, e, ainda, que como gestor pode responder pelos atos junto ao Ministério Público Estadual, Gerson resolveu buscar uma alternativa e disse que na parte da tarde vai contatar com o eletrotécnico que mora em Nobres, município vizinho.
O distrito de Bauxí está localizado a 60 km da sede, Rosário Oeste, e sofre com a ausência da administração pública. O problema da falta d’agua já ocorre há meses e a questão atual (conforme um morador) é o problema de sempre em um motor. Em que pese a água não ser tratada é utilizada para serviços gerais. Para beber, moradores vão buscar na mina nas condições de cada um: bicicleta, a pé ou carrinho de mão.

Na entrevista, Gerson Ferreira da Silva demonstrou desinteresse com o problema de Bauxi. Alegou que “lá parece que tem uma cooperativa, e a gente [o DAE] apenas dá uma força pra eles”. Depois disse que não tinha certeza e complementou afirmando que “os moradores nem pagam pela água”.

Ontem o PlantãoNews ligou para o secretário de Infraestrutura de Rosário Oeste, Joacy Inácio. Ele disse que não tinha conhecimento e que os moradores deveriam reclamar para o DAE. Um morador (que não quer ser identificado) desmentiu o secretário afirmando que ele e o DAE sabem do problema e ficam “empurrando de barriga” uma solução.

Mais problemas - O distrito ganhou há algum tempo uma torre para a instalação de sinal de internet, contudo tudo não passou de promessa de campanha política, na época da eleição.

A comunidade lamenta da falta de representatividade do distrito e defende que vereadores e o próprio Ministério Público acompanhe mais de perto o problema do local - principalmente considerando a distância da sede dos poderes do município.

No final do ano passado uma denúncia apontava que a seleção para transporte de pacientes era feita pelo motorista da ambulância e que prevalecia sua conveniência com interesses pessoais. E, ainda que o 'servidor' (que se ocupa com corridas de cavalos) usa boa parte do tempo viajando para Barra do Bugres fazendo compras em casas de produtos veterinários.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114