» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Quinta, 22 de fevereiro de 2018, 18h21

Prefeito visita área destinada para construção de agroindústria em Poconé


.

Nesta semana, o prefeito Tatá Amaral, juntamente com o secretário de Desenvolvimento Agropecuário Rural e Urbano, Guido do Barreirinho e do vereador Márcio Fernandes, esteve no assentamento Santa Tereza, zona rural de Poconé (104 km de Cuiabá), acompanhando a visita da técnica responsável por elaboração de projetos de agroindústrias da Associação Matogrossense dos Municípios (AMM), a arquiteta e urbanista Natacha de Carvalho Luis e do consultor e coordenador de projetos, engenheiro florestal Carlos Vladimir Soria Garcia.

A visita foi resultado de atendimento de uma solicitação por parte da Associação de Pequenos Produtores Rurais do Assentamento Santa Tereza, que tem como presidente Ozeias Gomes Freitas, junto ao Poder Executivo Municipal, que busca parceria para elaboração de um projeto de construção de uma Agroindústria de Processamento de Derivados do Cumbaru e de Hortifrutigranjeiros para fomentar a Agricultura Familiar na região. Também foi discutido a possibilidade de implantação de um viveiro de mudas no local.

O cumbaru é uma espécie encontrada nas matas, cerrados e cerradões do Brasil Central, nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e Distrito Federa e também pode ser encontrada, em menor frequência, no Maranhão, Tocantins, Pará, Rondônia, Bahia, Piauí e norte de São Paulo. Possui cerca de 26% de teor de proteínas, mais do que o coco-da-bahia, castanha do pará e castanha de caju e seu fruto pode ser utilizado integralmente, resultando em polpas de fruta, óleos, farinha, manteiga, tortas e, além disso, a sua casca pode ser utilizada como carvão. Também contém propriedades afrodisíacas e medicinais anti-reumáticas. Sua amêndoa pode ser consumida “in natura” ou pode ser torrada para a produção de paçoca, pé-de-moleque e rapadura e utilizada em uma infinidade de receitas.

O assentamento Santa Tereza, pertencente ao Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF), possui 67 hectares de área coletiva destinada para que a sua associação desenvolva atividades em conjunto que visem melhorar os rendimentos e a qualidade de vida dos moradores da localidade. O presidente da Associação de Pequenos Produtores Rurais do Assentamento Santa Tereza, Ozeias Gomes Freitas, acredita que a visita é um começo para que o sonho se torne realidade.“Há muito tempo lutamos para que haja algo que possa ajudar nossas famílias a permanecerem e terem o seu sustento aqui na localidade, e é muito importante que o Poder Público Municipal, Câmara de Vereadores e demais órgãos somem conosco e nos ajudem a conseguir isso, e temos esperança de que isso venha a se concretizar”, disse Ozeias.

O prefeito Tatá Amaral afirmou que o Poder Executivo Municipal também está focado no fortalecimento da atividade na região.”Aqui é uma região que tem o principal, que é a matéria-prima, e o que precisamos é fazer com que haja o envolvimento dos produtores, elaborar e conseguir concretizar este projeto que, sem dúvidas, irá melhorar a renda e a qualidade de vida deles, além de garantir suas permanências no campo, porque poderão honrar com os seus compromissos e estruturar as suas atividades, e nós não iremos medir esforços para ajuda-los nisso”, garantiu Tatá.

Após envio de levantamentos do município,com as devidas documentações, análise do órgão de inspeção ambiental responsável, dentro de pouco tempo, os técnicos da AMM deverão apresentar o projeto que já sairá com aprovação do órgão de comercialização e da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA).

AMM


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114