» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Terça, 05 de junho de 2018, 13h55

Governo investe em educação e segurança para Lucas do Rio Verde


.

A moradora do município de Lucas do Rio Verde, Maria Natalina Batista, sempre dedicou o seu tempo à família e ao trabalho de cozinheira, habilidade que aprendeu ainda jovem no Estado do Paraná.

Aos 67 anos, Maria está aposentada e resolveu encarar um novo desafio, aliando as atividades domésticas e a produção de doces, pães e feijoada, aos estudos oferecidos no Centro Educação para Jovens e Adultos “José de Alencar”. “Me criei no sítio e sempre tive que me dedicar aos trabalhos de casa e dos restaurantes que trabalhei. Assim, nunca tive a oportunidade de estudar”, lembrou.

A aposentada é um dos 1.200 estudantes que frequentam as salas de aula do novo Ceja, inaugurado há mais um ano, na cidade de Lucas do Rio Verde, trazendo mais qualidade ao ensino público estadual da cidade. Com um espaço mais adequado e moderno, a nova sede do Ceja é um dos investimentos feitos pelo Governo do Estado no município, nos últimos quatro anos.

Maria começou a estudar no ano passado e vem se destacando nas aulas, conseguindo aprender a ler e a escrever em menos de seis meses, segundo o diretor do Centro, Wellington José Gobi Zarelli. “Dona Maria é um destaque. Ela veio para cá não tinha conhecimento cognitivo de nada e junto com a força de vontade dela conseguimos alfabetiza-la, em menos de seis meses”, disse o diretor.

Wellington ressaltou que a construção da nova sede do Ceja foi um reviver para os alunos e descreveu que a antigo prédio estava bem antigo e necessitava de reparos. “Muitos alunos ficavam amedrontados com a situação caquética em que estava a antiga escola. Os alunos ficaram felizes com o novo espaço, com um ambiente bonito e aconchegante, no qual se sentem bem.”

Além do ambiente mais adequado, a nova unidade reduziu a evasão escolar no Ceja, de acordo com o diretor. “Esta preocupação com ambiente escolar favorece no processo de aprendizagem e garante uma boa frequência dos estudantes. Do jeito que estava havia um número muito alto de evasão escolar, porque era um ambiente onde a segurança ficava comprometida”, disse.

O Ceja de Lucas do Rio Verde oferece aulas de alfabetização até a conclusão de ensino médio, nos períodos vespertino e noturno. Além disso, 30 estudantes com necessidades especiais assistem aulas na sala de recurso, criada na unidade. Horta escolar, academia de ginastica e esportes de mesa são outras atividades desenvolvidas no espaço, que conta com 1.200 estudantes jovens e adultos da cidade.

Além do centro, o governador Pedro Taques autorizou a construção da Escola Tiradentes na cidade e a Escola Estadual Tarsila do Amaral está em obras, com capacidade para 1.440 estudantes. O ensino tecnológico foi outro investimento realizado em Lucas do Rio Verde.

Mais de 300 estudantes do ensino médio da cidade participam de cursos tecnológicos nas áreas de indústria, turismo, agricultura e agropecuária pelo Medio Tec. As capacitações são oferecidas pela Secretaria Estadual de Ciências, que disponibiliza cursos técnicos aos alunos matriculados em escolas públicas, via Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Mais investimentos

Além dos avanços na área da educação, o Governo do Estado repassou mais de R$ 4 milhões como contrapartida do Fethab para serem investidos nas ações de infraestrutura da cidade. Três convênios com o município garantiram o repasse de material para a recuperação do asfalto da cidade, incluindo o entroncamento da MT 449, MT 338 e outras vias do município.

O valor total de repasse para saúde do município em 2018 é de mais de R$779,1 milhões, sendo R$ 9,3 milhões mensal. O montante é investido na atenção básica, regionalização, PAICI – repasse fundo a fundo, alta complexidade-UTI e farmácia básica.

A cidade ganhou 350 novas moradias com a entrega da primeira etapa do condomínio habitacional Vida Nova. A ação faz parte do programa federal Minha Casa, Minha vida, com contrapartida do Estado.

Por meio do programa Pró-Família, 199 famílias em situação de vulnerabilidade e 30 agentes comunitários e assistentes sociais receberam o cartão que repassa mensalmente o valor de R$ 100, para compra de alimentos na rede de mercado credenciada.

 

Material bélico e viaturas mais modernas, como uma caminhonete L200 para o Corpo de Bombeiros e três motocicletas para Polícia Militar reforçaram os trabalhos Segurança Pública na região. Há mais de dois anos, o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) está atendendo 32 adolescentes em conflito com a lei.

A unidade do Ciretran recebeu o investimento de mais de R$79 mil em equipamentos de informática, mobiliário e material de consumo. As ações da Operação Lei Seca também foram implantadas no município.

No maior investimento do Governo do Estado na agricultura familiar de Mato Grosso, os pequenos produtores de Lucas do Rio Verde foram beneficiados com equipamentos agrícolas para fortalecer o trabalho na lavoura. Uma carreta agrícola, uma grade aradora e um trator foram entregues ao município.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai Emanuel tem várias denúncias por corrupção
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114