» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Quarta, 20 de junho de 2018, 15h14

Deputado faz palestra antidrogas em Barra do Bugres


Empenhado na prevenção sobre os perigos do uso das drogas, o deputado Romoaldo Júnior (MDB) vem realizando um ciclo de palestras voltadas especialmente para crianças e adolescentes, denominada “Cruzada Antidrogas”, em diversas escolas estaduais e municipais do Estado. Na manhã de terça-feira (19), foi à vez da cidade de Barra do Bugres, localizada a180 km de Cuiabá, receber a palestra de combate às drogas.

O evento, realizado na Escola Estadual Alfredo José da Silva, no Bairro Maracanã, dirigida pelo professor Marcos Mafei, teve a participação de cerca de 400 alunos, na faixa etária de 15 a 17 anos, do 1º ao 3º ano.

Romoaldo Júnior explicou que o projeto surgiu da necessidade de se falar abertamente sobre o problema e de trocar e adquirir informações sobre o assunto, tendo em vista que muitos adolescentes aparentemente tranquilos, já experimentaram drogas. "Por isso é extremamente importante informar a todos os estudantes, sobre os malefícios do vício", reforça o parlamentar.

“A adolescência é um momento em que algumas pessoas enfrentam limitações e frustrações. A droga funciona como uma fuga de tudo isso. Falar sobre drogas, porém, não basta e dependendo da forma como o assunto é tratado, pode até estimular a curiosidade pelo uso. É preciso mostrar que a droga é algo que vai estragar o corpo, vai levar à morte, à prisão e até destruir totalmente a vida da pessoa”, detalhou o deputado, ao destacar que esta ação preventiva tem também como objetivo apresentar um diagnóstico da situação de risco das comunidades visitadas.

Os palestrantes professor Januário Teixeira Ribeiro que também é agente especial da Polícia Federal aposentado e Felipe Teixeira, entregaram cartilhas educativas contra as drogas para alunos e professores e tiraram dúvidas sobre o assunto.

“Estamos juntos com o deputado no combate às drogas. A Cruzada Contra as Drogas é um programa educacional que visa esclarecer a sociedade sobre os malefícios das drogas através de palestras, filmes e teatro. “Só através da prevenção primária, integrando a família, escola e comunidade, poderemos formar multiplicadores, para que os mesmos possam difundir com mais clareza essa cruzada. Só assim, vamos impedir que as drogas não matem mais nossas crianças e adolescentes”, disse o professor Teixeira.

O diretor Marcos Mafei, ressaltou que enfrenta problemas com drogas na escola e que a desestruturação familiar é um dos motivos que levam o jovem a buscar a droga. Ele agradeceu a parceria do deputado e pediu que outras palestras sejam ministradas na escola. “Palestras como essas só têm a acrescentar na conscientização dos nossos alunos. São muitos jovens oriundos de famílias desestruturadas, muitas vezes com pai e irmãos detentos. Sugerimos a equipe do deputado que volte em nossa escola e que aprofunde o assunto com nossos alunos”, convidou o diretor.

Os alunos E.A.A e M.R, confessaram que têm amigos que fazem o uso de drogas e bebidas alcóolicas e que muitos deles, entraram por um minuto de distração. “Muitos entraram nesse mundo na tentativa de achar que eram mais homens, para se sentir mais importante no grupo. Tudo engano, esse é um caminho sem volta. Hoje na palestra, tivemos mais certeza disso ainda”.

Os vereadores Ademir Santos, o Mirão do Assari, Sebastião Falanque e João Luiz, agradeceram a realização da iniciativa. “Tenho certeza que muitos alunos saíram da palestra refletindo sobre os problemas que as drogas causam e vão pensar mil vezes antes de correr o risco”, avaliou o vereador João Luiz.

Objetivos da “Cruzada Antidrogas” - Sensibilizar os professores para a abordagem da questão; facilitar às famílias a conversação com as crianças e com os jovens; desenvolver a espontaneidade e a autoestima dos alunos para facilitar a comunicação com os pais, não só de modo geral, mas em especial sobre a questão das drogas; mobilização da opinião pública escolar, mediante campanhas de alerta; difundir os conhecimentos sobre drogas.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114