» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Quarta, 27 de junho de 2018, 15h38

Assentados esperavam títulos definitivos de terras há 22 anos


Mayke Toscano
.

Uma conquista. Foi assim que assentados do Distrito de Jangada do Roncador, localizado cerca de 90 quilômetros do município de Chapada dos Guimarães (64 km de Cuiabá), definiram a entrega de 115 títulos definitivos de regularização fundiária rural há 22 anos.

O ato de entrega foi realizado nesta terça-feira (26.06) pelo governador Pedro Taques, no assentamento. Em 2017, outros 40 títulos já tinham sido entregues aos moradores da região, totalizando 155 imóveis rurais regularizados no distrito.

Para o presidente da Associação de Assentados do Distrito de Jangada do Roncador, Domingos Anselmo Rozin, o Governo está cumprindo a palavra dada às 252 famílias que vivem na localidade.

“A comunidade existe desde 1996 e vivemos basicamente, da agricultura familiar, da produção de leite e da piscicultura. O assentamento vem crescendo ao longo desses anos e, com o título da terra, teremos acesso aos créditos rurais e as produções poderão crescer ainda mais, trazendo ainda mais desenvolvimento à região”, contou Rozin.

Ao todo, foram entregues 155 títulos definitivos de terras, porém, por problemas na documentação, cerca de 90 famílias ficaram sem a regularização. No entanto, o presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat), Demilson Nogueira, informou que servidores da autarquia atenderão os moradores para que a documentação possa ser regularizada.

“A determinação do governador Pedro Taques é de que todos os assentados do Distrito de Jangada do Roncador recebam os títulos. Por isso, alguns servidores trabalharão aqui nos próximos dias, para atender aos moradores e resolver a situação”, explicou Nogueira.

O funcionário público Manoel Bernardino, de 67 anos, recebeu o título definitivo e contou que está se aposentando, mas quer continuar trabalhando, desta vez com a terra e a agricultura. Ele foi um dos primeiros assentados na região.

“Para mim, este título representa a conquista de uma luta de mais de 20 anos. Agora, estou avaliando pegar uma linha de crédito para investir na agricultura orgânica. Quero continuar trabalhando, mesmo depois da aposentadoria”, afirmou.

 

O governador Pedro Taques lembrou que o distrito faz parte dos 131 assentamentos, em todo o Estado, que sofreram com a morosidade nos processos de regularização fundiária por mais de 30 anos no Intermat.

“Um dos momentos de maior alegria é entregar o título para aqueles que moram em determinado terreno ou imóvel. Melhor presente. Este título significa a liberdade, a carta de alforria, significa que a terra é sua. Nem a chuva, nem o vento, nem a polícia vai poder entrar, porque esta casa é sua, este imóvel é seu. Esta é a maior alegria de um governador: governar para aqueles que mais precisam”, concluiu Taques.

A meta do Governo de Mato Grosso é entregar 90 mil títulos urbanos e 15 mil títulos para assentamentos, até o final de 2018.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114