» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Quinta, 16 de agosto de 2018, 13h24

Audiência pública em Nova Ubiratã debate importância da duplicação da MT-242


Cerca de R$ 17,6 milhões, esse é o valor que a Concessionária Intervias e a prefeitura municipal de Sorriso pretendem investir nas obras de melhorias e duplicação da MT-242, no trecho que liga a BR-163 a ponte sobre o Rio Lira.

O montante faz parte de um projeto de viabilidade apresentado, nesta sexta-feira (10), durante audiência pública no auditório do Centro de Eventos Ari José Riedi, em Sorriso.

Participaram do evento, lideranças políticas, membros da sociedade civil organizada além de representantes da Concessionária Intervias e dos órgãos de regulamentação e fiscalização, incluindo a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager) e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

Durante pronunciamento o prefeito do município, Ari Lafin, destacou a importância do projeto que visa, entre outros, reduzir o número de acidente no trecho.

“A abertura do Residencial Raiter [conjunto habitacional onde vivem 1.272 famílias] aumentou consideravelmente o tráfego de veículos, ciclistas e pedestre naquela região. Por consequência a quantidade de acidentes aumentou drasticamente nosso intuito é garantir a segurança desses moradores”, pontuou.

O gestor ainda lamentou a ausência de representantes de classes na audiência.

“Eu gostaria de ver mais pessoas dividindo esse espaço e somando força conosco em busca de soluções”, disse.

A opinião foi compartilhada pelo gerente geral da concessionária responsável pela manutenção da rodovia, Lourival Rodrigues da Silva, por onde passam mais de 11,400 mil veículos por dia.

“A Intervias tem caráter e responsabilidade social. A nosso ver a duplicação da MT-242 não é apenas uma questão de embelezamento, mas sim de segurança pública”, frisa.

Rodrigues também defendeu o aumento do período de concessão para viabilizar os investimentos.

“Em assembleia ficou decidido que a concessionária não irá aumentar o valor da tarifa, sendo assim as obras devem ser custeadas com o ajustamento do prazo do contrato de concessão que hoje é de 20 anos”, explica.

Além da duplicação do trecho, o projeto ainda prevê a construção de contornos, vias marginais, drenagens superficiais, ciclovias, calçadas atendendo os padrões de acessibilidade, implantação de agulhas de acesso, passagem elevada, drenagem da bacia da BR-163, iluminação pública, sinalização vertical e horizontal, paisagismo e separação das vias por meio de barreiras de concreto (perfil New Jersey).

O presidente da Ager, Fábio Calmon, também destacou a importância da duplicação e enalteceu o trabalho desenvolvido de forma conjunta entre a concessionária e a prefeitura de Sorriso.

“A Concessionária Intervias e a administração municipal estão de parabéns. Enquanto muitos gestores ignoraram o crescimento de suas cidades aqui vocês fazem ao contrário. Vejo um projeto muito bem elaborado e posso garantir que o governo do Estado será parceiro para agilizar esse processo”, assinala.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114