» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Segunda, 25 de fevereiro de 2019, 13h53

Doações do Ribeirinho Cidadão fazem a alegria de pessoas carentes


Roupas, calçados, toalhas, tênis, meias e brinquedos foram doados pelo Projeto Ribeirinho Cidadão e fizeram a alegria dos moradores de várias localidades próximas a Comunidade Agrovila das Palmeiras, no munícipio de Santo Antônio de Leverger, no interior de Mato Grosso. O projeto Ribeirinho Cidadão realizou diversos atendimentos jurídicos, médicos, sociais e de cidadania na sexta-feira e sábado (22 e 23 de fevereiro). As doações são frutos de produtos apreendidos pela Receita Federal, um dos grandes parceiros do projeto.

A dona de casa Giseli Cristina Rodrigues Meira percorreu 12 quilômetros do Vale da Samambaia até a Escola Estadual Nagib Saad, onde ocorreu o mutirão, para fazer CPF e carteira de trabalho da filha. Ela aproveitou para levar para casa os itens doados. “Nossa, isso ajuda muito porque a gente não tem condições de ficar indo na cidade e ganhar esse tanto de coisa foi muito bom”, falou.

Quem não perde uma edição do projeto é a moradora Quecia Alves de Paula Silva. Ela garantiu toalhas, camisetas e meias, e foi para casa muito contente. “Gostei muito, toda vez que o Ribeirinho vem eu participo porque ajuda muito a gente”, disse.

A pequena Gabriela, de sete anos, se esbaldou com as brincadeiras promovidas pelo Juizado Especial Volante Ambiental de Cuiabá (Juvam). Sempre depois da recreação são distribuídos brinquedos para os pequenos. “Eu brinquei muito e gostei da boneca que ganhei”, disse ela, toda tímida.

A Defensoria Pública, que juntamente com o Poder Judiciário está à frente do Ribeirinho Cidadão, fez a doação 1.600 pares de sapatos para meninos e meninas, distribuídos ao longo de toda a ação, que teve início no começo de fevereiro. Os produtos são fruto de apreensão em inquérito judicial, solicitado pela Defensoria à juíza da Segunda Vara Criminal de Várzea Grande, Marilza Aparecida Vitório, como informou o defensor público Joaquim José Abinader Guedes da Silva. “O pedido foi prontamente atendido pela juíza e pudemos fazer essas doações. É motivo de muita alegria e contentamento no coração ver a felicidade deles”, falou.

A etapa terrestre ainda não acabou, mas ao longo dos dias que se passaram até aqui foi possível ver o defensor público Munir Arfox entregando balas, doces, pequenos brinquedos e colares não só para aqueles que ele atendia, mas também nas filas que se formavam nos corredores. Essa já é uma rotina que ele adotou no trabalho e estendeu ao projeto Ribeirinho Cidadão.

“Trabalho com regularização fundiária e quando a gente visita os núcleos rurais sempre encontramos muitas crianças. De vez em quando eu levo algumas lembranças para elas. Lá no nosso setor na Defensoria eu entrego porque os pais chegam com as crianças pequenas para serem atendidas. São pequenas lembranças. A satisfação de ver o sorriso no rosto de uma criança ou de uma pessoa que recebe atendimento não tem preço”, relatou Munir, que também arrecadou roupas que foram doadas no distrito de Mimoso e em Agrovila das Palmeiras.

Essa é a missão dessa grande ação social: levar cidadania à população ribeirinha do Pantanal, com atendimento humanizado, respeito e, acima de tudo, com dignidade àqueles que tanto necessitam e que ficam isolados em virtude da situação das estradas na época das chuvas.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114