» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Quinta, 25 de abril de 2019, 23h51

Estado assina acordo para implementar estratégia PCI em Sorriso


.

A Estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI) recebeu apoio de sindicatos, cooperativas e empresas, para a implantação de ações de sustentabilidade na cidade de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá). Um memorando de entendimento foi assinado nesta quarta-feira (24.04), na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) do município.

A partir do pacto, os agentes envolvidos deverão implementar o programa PCI, com apoio financiamento externo, por meio de metas a serem gerenciadas e implementadas pelo comitê gestor do programa. O objetivo central é fomentar a produção agropecuária e florestal sustentável, inclusiva, rentável e de baixa emissão de carbono.

Conforme a coordenadora do Programa Municípios Sustentáveis, Patrícia Lemos, o Estado tem a responsabilidade de fomentar a inclusão social por meio da regularização fundiária dos assentamentos rurais de 87 municípios, ação que faz parte do Programa Terra a Limpo.

Além de Sorriso, o Vale do Juruena também já foi contemplado com a assinatura do pacto pela implementação de estratégias sustentáveis. Em breve, Barra do Garças fará parte dos municípios que implementarão as estratégias PCI, conta a coordenadora.

Foram signatários do documento a Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) da Holanda, o Clube Amigos da Terra (CAT) de Sorriso e com a Natcap Soluções Sustentáveis, CAT Sorriso, União Nacional do Etanol de Milho (Unem), Sindicato de Agricultura Familiar, Associação dos Produtores de Orgânicos de Sorriso (APOS), Cooperativa dos Pequenos Produtores Rurais do Vale do Celeste (Coopercel), Projeto de Assentamento Casulo, Earth Innovation, Instituto PCI e o Programa Municípios Sustentáveis, e as empresas Carrefour, Cofco, FS Bioenergia, Nutribras, Delicious Fish.

Produzir, Conservar e Incluir

A estratégia PCI tem como objetivo acompanhar o cumprimento das metas apresentadas na 21ª Conferência Global do Clima (COP 21), realizada em Paris, na França. Na ocasião, Mato Grosso se comprometeu em reduzir o desmatamento ilegal a zero até o ano de 2020 e promover medidas de sustentabilidade para conter o aquecimento global.

A estratégia é dividida em três pilares de atuação: Produzir, Conservar e Incluir. Entre os objetivos do pilar Produzir estão o aumento até 2024 a produção de etanol de milho e seus subprodutos, a produção de energia solar, a área de produção de soja sob a certificação RTRS, suínos, aves e peixes.

Já as metas de conservação englobam eliminar o desmatamento ilegal, recuperar as Áreas de Preservação Permanentes (APP) degradadas, cadastrar todos os imóveis rurais no SIMCAR. As metas Incluir preveem aumento da Assistência Técnica Rural (ATER), regularização de todos os lotes de agricultura familiar até 2024, e aumentar em 50% a produção de leite, mel, frutas e horticultura. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114