Cuiabá | MT 22/10/2021
Interior de MT
Segunda, 10 de maio de 2021, 19h59

Justiça Comunitária de Sorriso e parceiros arrecadam 20 toneladas de alimentos em 6 dias


.

Com o intuito de amenizar o sofrimento de mais de 500 famílias carentes durante a pandemia, a Justiça Comunitária da Comarca de Sorriso, o grupo de Comunicação Sorriso FM, a Paróquia Santa Luzia e parceiros arrecadaram 20 toneladas de alimentos em apenas 6 dias. A iniciativa fez parte da Campanha Prato Cheio, que destinou 800 cestas básicas e 1.500 kg de feijão para famílias sinopenses no último sábado (08.05.21).

Conforme explicou o juiz coordenador do Programa Justiça Comunitária de Sorriso, Dr. Valter Simione, a campanha teve início após um convite feito pelo juiz coordenador do Programa Justiça Comunitária Estadual, Dr. José Antônio Bezerra Filho, também conhecido como Dr. Toni.

"O dr. Toni enviou 50 cestas básicas que havia recebido do Governo Estadual para a nossa unidade da Justiça Comunitária e nos estimulou a arrecadar mais. A partir disso, tive a sorte de encontrar grandes parceiros, como o grupo de comunicação da Sorriso FM, que abriu as portas dos seus programas de rádio e tv para que divulgássemos a campanha; a Paróquia Santa Luzia, que nos apoiou com a distribuição e destinação das doações; e com produtores rurais, empresários e a sociedade, que fizeram questão de abraçar o projeto com as doações” contou o juiz Valter Simione.

O juiz explica ainda que a participação da Paróquia Santa Luzia na campanha, através do Padre Valdevino, foi fundamental para disponibilizar as cestas para as famílias que mais precisavam na cidade. "A paróquia já possuía um cadastro contendo 500 famílias em situação de grande vulnerabilidade social. Aproveitamos o know how deles em ações sociais para organizar o Prato Cheio da melhor forma. Assim, eles reuniram voluntários, recolheram todas as doações e trouxeram para a igreja no último sábado (08.05.21) para distribuir entre as famílias cadastradas”, esclareceu o Dr. Valter.

Questionado sobre o que o motivou a empreender tamanho esforço para ampliar a campanha Prato Feito, o magistrado relatou que: "a função do juiz atualmente não pode se limitar a julgar os processos judiciais. Nossa função tem que ir além disso. É preciso se integrar e conhecer a sociedade em que estamos inseridos, para realmente ajudar a transformar a comarca em que atuamos", revelou.

Sobre o sucesso da campanha, o juiz destacou que a imagem do Poder Judiciário, do Grupo de Comunicação e da igreja reforçaram a confiança dos empresários e da população sobre a seriedade da iniciativa, resultando em um grande número de doações em um curto espaço de tempo.

"Gostaria de agradecer a todos os parceiros e apoiadores que fizeram esta campanha se tornar realidade. Ajudar ao próximo é algo que faz muito mais bem pra quem ajuda do que pra quem é ajudado. A sensação de dever cumprido é muito gratificante”, finaliza o juiz.

Entre os parceiros que contribuíram sobremaneira com a campanha Prato Cheio, estão: Associação APG de Sorriso, Associação Mulheres em Ação, Juliano Gerolin, Cezar e Sérgio Shevinski, Supermercado Berté, Araguaia Imóveis, Por do Sol Urbanizações, Fachinello, Família Felipetto, Agro Baggio, Família Bedin, Sagel, DelNorte, Clube do Jacaré do Sorriso, Clube dos Marimbondos Veteranos, Paróquia Santa Luzia, Rádio Sorriso, SBT Sorriso e TV Cidade Verde. 




Busca



Enquete

Quem é o mais culpado pela não conclusão do VLT em Cuiabá?

Mauro Mendes quando prefeito de Cuiabá 2013/2017?
Emanuel Pinheiro quando deputado estadual 2010/2014?
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114