» mais
Comentar           Imprimir
Nacional
Quinta, 09 de novembro de 2017, 18h53

CNM recebe Conasems para debater temas importantes aos Municípios


A Confederação Nacional de Municípios (CNM) recebe nesta quinta e sexta-feira, 9 e 10 de novembro, representantes do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e de outras entidades para debater saúde no âmbito dos Entes locais. Em parceria, as entidades promovem oficina de trabalho que tem como objetivo discutir informação em Saúde.

Antes do evento, o diretor-executivo da Confederação, Gustavo Cezário, se reuniu com o presidente do Conselho, Mauro Junqueira. Eles debateram temas que têm impactos aos Municípios e falaram sobre estratégias para avançar em matérias que tramitam no Congresso Nacional. Cezário falou sobre questões como obras paradas, como no caso das centenas de Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e das Unidades Básicas de Saúde (UBS), além do financiamento da Saúde e dos Agentes Comunitários da Saúde.

Na abertura da oficina, o consultor da CNM na área da Saúde, Denilson Magalhães, destacou que, no que se refere aos sistemas de informação em saúde, a Confederação se preocupa em relação aos custos para os Entes municipais. E apontou que a entidade se coloca à disposição para auxiliar no debate de temas que tragam melhorias aos Municípios.

Junqueira ressaltou a importância da aproximação com a CNM para conseguir subsidiar os gestores municipais com mais informações. “Este é o primeiro evento conjunto com a CNM, na casa dos Municípios”, disse. Ele também apontou que o subfinanciamento da Saúde é um problema histórico e que a proposta do debate proposto na oficina é começar a criar um caminho para avançar, especialmente diante das dificuldades enfrentadas.

Oficina

O evento debate temas como: estratégia e saúde para o Brasil, informatização das UBS, e-SUS, Cadweb e novo sistema de acesso. Além da CNM e do Conasems, estão presentes participantes do Departamento de informática do Sistema Único de Saúde do Brasil (DataSUS), do Departamento de Monitoramento e Avaliação do SUS (Demas), da Coordenação-geral dos Sistemas de Informação (CGSI), entre outros.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114