» mais
Comentar           Imprimir
Nacional
Terça, 14 de novembro de 2017, 11h36

Feriado de oração e turismo no Santuário


Foto: Thiago Leon
.

O feriado da Proclamação República do Brasil é mais uma oportunidade para os romeiros de Nossa Senhora Aparecida visitarem com calma o Santuário Nacional e participarem da Santa Missa, colocando uma oração especial pelo país.

A Previsão é de 100 mil romeiros passando pelo Santuário nessa quarta-feira, 15 de novembro.

Na casa da Mãe Aparecida o devoto pode iniciar o seu passeio pelo Nicho de Nossa Senhora, local onde fica a imagem original, encontrada pelos três pescadores em 1717.

Em seguida, a sugestão é o devoto escolher um dos seis horários de missa para participar e assim, não perder a oportunidade de celebrar Cristo na casa da Mãe Aparecida. E ainda receber o sacramento da penitência, nos confessionários que ficam no subsolo, para iniciar a preparação para o Tempo de Natal que se aproxima.

Outra dica é o devoto visitar as Lojas Oficiais do Santuário para garantir a sua lembrança e com elas, participar da bênção dos objetos que acontece ao final de todas as missas.

Para entender melhor a história da devoção da Mãe Aparecida o romeiro tem a oportunidade de conhecer as exposições do Museu Nossa Senhora Aparecida, apreciar a vista do Mirante na Torre Brasília e conhecer mais de perto a grande obra da Cúpula Central, fazendo o circuito de visitação, com acesso pelo subsolo do Santuário.

Existem ainda muitas outras maneiras do passeio do devoto ganhar ainda mais significado, como por exemplo, ver a réplica do monumento de Nossa Senhora Aparecida que foi instalado nos Jardins do Vaticano, passeando pelos Jardins do Santuário, próximo à avenida do Convento. E se a visita puder se estender até às 18h, o romeiro pode também conferir uma das melodias reproduzidas pelo Campanário, localizado na Ala Norte do Santuário, obra do artista sacro Claudio Pastro, em homenagem aos 300 anos.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114