Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Nacional
Sexta, 18 de maio de 2018, 17h14

Disseminação de informações falsas atrapalha busca de aeronave no AM


.

Um monomotor desapareceu, na quarta-feira (16), em uma área de mata na região entre os municípios de Nova Olinda do Norte, Urucurituba e Itacoatiara – a 270 km de Manaus, no Amazonas.

A aeronave de matrícula PR-RCJ decolou de Itaituba, no interior do Pará, às 7h10 (hora local) e tinha previsão de pousar no Aeródromo de Flores, em Manaus, por volta de 7h55 (hora local), mas sumiu antes de chegar ao destino. Na quinta-feira (17), o avião foi encontrado com os corpos do piloto e do copiloto.

Assim que recebeu a informação do desaparecimento, por volta das 9h40 (hora local) de quarta-feira, o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento de Manaus (Salvaero Amazônico), órgão da Força Aérea Brasileira (FAB), iniciou os procedimentos de busca, que incluem a averiguação de quaisquer dados que possam levar à confirmação de um incidente ou acidente, bem como à localização da aeronave.

Neste caso, as notícias veiculadas regionalmente – e que geralmente ajudam na busca por fornecerem informações de testemunhas, por exemplo – prejudicaram consideravelmente o trabalho do Salvaero.

O Chefe do Salvaero Amazônico, Tenente Controlador de Tráfego Aéreo Fábio César de Oliveira, conta que, ao término das buscas do primeiro dia, começaram a chegar informações de que os ocupantes do avião haviam sido encontrados com vida por pescadores e estariam sendo levados a um hospital no município de Urucurituba (AM). A notícia poderia ter ocasionado a desmobilização dos meios de busca.

Duas aeronaves da FAB, um SC-105 Amazonas e um helicóptero H-60 Black Hawk, foram engajadas nas buscas aéreas realizadas nos dois dias.

“Muitas mensagens e áudios chegaram até nós com essa informação, mas como temos experiência, sabíamos que era necessário verificar tudo. Não podendo ser desprezadas no primeiro momento, muitas notícias mostraram-se infundadas após muita averiguação, ocasionando a utilização de um tempo valioso para checagem”, relata o tenente Fábio, que realizou um trabalho minucioso de investigação até concluir que a informação era falsa.

Na quinta-feira, a imprensa local também passou a veicular notícias não confirmadas. “Muitos veículos, inclusive de televisão, começaram a divulgar que haviam sido encontrados até 3 corpos junto ao avião. Nós passamos a ignorar essas notícias e apenas receber informações do Corpo de Bombeiros”, conta o Tenente Fábio. Por volta das 21h, o comandante dos Bombeiros confirmou ao Salvaero que um de seus militares estava no local da queda e que os corpos de piloto e copiloto haviam sido encontrados em local de difícil acesso próximo ao rio Arari.

A Assessoria de Imprensa da Força Aérea Brasileira, sediada em Brasília (DF), destaca que, além do prejuízo que pode ser causado às buscas, a divulgação de notícias sem a devida apuração pode disseminar informações inverídicas à população e às famílias das vítimas. Por isso, a fonte oficial para averiguação deve ser sempre os órgãos que coordenam as buscas, neste caso, a própria Assessoria da FAB.

Investigação

Os investigadores do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VII), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) localizado em Manaus (AM), efetuarão a Ação Inicial da ocorrência.

A Ação Inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, ouvir relatos de testemunhas e reunir documentos.

A investigação realizada pelo CENIPA tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram. A necessidade de descobrir todos os fatores contribuintes garante a liberdade de tempo para a investigação. A conclusão de qualquer investigação conduzida pelo CENIPA terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade do acidente.

Acesse aqui e aqui para saber mais sobre o trabalho da FAB na investigação e prevenção de acidentes aeronáuticos.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114