» mais
Comentar           Imprimir
Nacional
Quinta, 28 de junho de 2018, 15h25

Ala 11 recebe visita de comitiva da Espanha


.

A Ala 11, localizada no Rio de Janeiro (RJ), recebeu, no dia 20 de junho, visita da delegação espanhola, composta por 36 alunos do Curso de Estado-Maior das Forças Armadas da Espanha e pelo seu comandante, General de Brigada Antonio Esteban López. O objetivo foi promover o intercâmbio acadêmico entre as Instituições Militares e fortalecer os laços de amizade entre o Brasil e a Espanha.

Na oportunidade, o Comandante da Ala 11, Brigadeiro do Ar Mozart de Oliveira Farias, apresentou aos visitantes uma síntese sobre a Reestruturação da Força Aérea Brasileira (FAB) e a Dimensão 22, ressaltando a área de 22 milhões de quilômetros quadrados que a FAB protege por meio das ações de Controlar, Defender e Integrar. Logo em seguida, os alunos assistiram a vídeos institucionais sobre os temas.

Dando sequência às apresentações, o Esquadrão Logístico (ELOG) explanou sobre os novos processos de manutenção para manter em condição de pronto emprego todos os meios aéreos orgânicos da Ala. Por sua vez, o Grupo de Segurança e Defesa do Galeão (GSD-GL) destacou as capacidades de emprego desta que é a maior Unidade de Infantaria da FAB. Já os Esquadrões Corsário (2º/2º GT), Gordo (1º/1º GT) e Condor (1º/2º GT) ministraram um breve histórico das Unidades e abordaram as principais missões da Aviação de Transporte por eles executadas.

Logo após, a comitiva conheceu as instalações do ELOG e percorreu os seus hangares, onde pôde ter contato com as aeronaves operadas pelos Esquadrões da Ala 11, como o C-97 Brasília, o C-99, o C-130 Hércules e o Boeing C-767. “Os alunos entenderam que, a partir da Reestruturação da FAB, os Esquadrões Aéreos passaram a ter Células de Material que acompanham as atividades logísticas planejadas e executadas pelo ELOG, ficando a Unidade mais focada na área operacional”, enfatizou o Brigadeiro Mozart.

A Escola Superior das Forças Armadas (ESFAS) é a Unidade de Ensino espanhola na qual são formados os Oficiais de Estado-Maior das Forças Armadas da Espanha, da Guarda Civil e de integrantes de Forças de outras nações, além de desenvolver atividades de pesquisa, análise e disseminação da doutrina de operações conjuntas e combinadas das Forças Armadas. Oficiais brasileiros, inclusive da FAB, frequentam cursos da ESFAS. Criada em 1999, a Escola Superior das Forças Armadas deu continuidade às atividades até então desenvolvidas pelas Escolas de Estado-Maior e de Guerra das três Forças e pela Escola de Estado-Maior Conjunto.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114