» mais
Comentar           Imprimir
Nacional
Domingo, 09 de dezembro de 2018, 16h38

Seminário em Teresina visa fortalecer desenvolvimento sustentável no Piauí


Representantes do Conselho Estadual de Desenvolvimento Sustentável do Piauí, de governos, da sociedade civil e do setor privado se reuniram na quarta-feira (5) em Teresina para o “Seminário sobre o Desenvolvimento Territorial e Agenda 2030 no estado”. O evento teve como foco o fortalecimento da sustentabilidade local, com base nos objetivos globais.

A iniciativa faz parte do projeto “ODS Piauí”, uma parceria entre o governo do estado, a empresa de geração de energia Contour Global, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

De acordo com o secretário de Planejamento do Piauí, Antonio Neto, desde 2007 o estado adotou a política de desenvolvimento territorial como forma de fortalecimento local das diferentes regiões.

“O nosso foco é articular e adequar as políticas com a visão territorial. Essa adequação à Agenda 2030, e juntos com o PNUD no processo, irá aumentar as potencialidades do Piauí para cumprirmos as metas dos ODS com mais eficiência. Somos 12 territórios e trabalhamos de forma integrada para que o desenvolvimento chegue nessas regiões para enfrentarmos os desafios locais”, disse o secretário.

O coordenador do escritório do PNUD em Teresina, Maurilo Oliveira, afirmou que o “Projeto ODS Piauí” fortalece o desenvolvimento territorial, em parceria com o governo do estado e o setor privado, por meio da empresa Contour Global.

“O governo do estado, desde 2007, decidiu que o desenvolvimento territorial seria o modelo sustentável para o Piauí. O PNUD apoia esse modelo de desenvolvimento para fortalecer políticas para a erradicação da pobreza, o crescimento econômico inclusivo e a proteção ambiental, de forma integrada”, disse.

“Trabalhamos em parceria com a Contour Global, o governo do estado e com os conselheiros locais para planejarmos ações prioritárias para os próximos anos, com foco na implementação das metas da Agenda 2030”, declarou Oliveira.

Diagnóstico
Durante o evento, o gerente de estatística do PNUD, Nikolas Pirani, apresentou o “Diagnóstico do Território Vale do Rio Itaim”. O documento destaca as principais metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável em que o território precisa avançar para fortalecer a inclusão social, a economia e a sustentabilidade local.

“É necessário ter um olhar para o desenvolvimento com um viés integrado. Chama a atenção no diagnóstico do Vale do Rio Itaim a necessidade de um olhar para a diminuição da pobreza, acesso à água potável e ao saneamento, redução da mortalidade por acidente de trânsito, crescimento econômico inclusivo e melhoria da capacidade do governo na captação de impostos e receitas”, afirmou Pirani.

Por meio do projeto ODS Piauí, também serão produzidos diagnósticos dos territórios de Cocais e Serra da Capivara, na estratégia de fortalecimento do desenvolvimento territorial no estado.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114