» mais
Comentar           Imprimir
Nacional
Sábado, 20 de abril de 2019, 10h38

Museu Casa do Pontal quer retomar obras da nova sede


 

.

O Museu Casa do Pontal, que possui o maior acervo de arte popular do país, totalizando 10 mil obras, aguarda decisão da prefeitura do Rio de Janeiro para retomar a construção de sua nova sede, em terreno cedido na Barra da Tijuca, cuja obra está parada há cerca de 20 meses. “A gente está batalhando para retomar a obra”, disse à Agência Brasil o diretor executivo do museu, Lucas Van de Beuque. A nova sede tem 70% das obras prontas.

Inaugurado em 1976, o Museu Casa do Pontal está instalado em um sítio de 5 mil metros quadrados, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste da capital fluminense, e é resultado de 40 anos de pesquisas e viagens por todo país do ‘designer’ francês Jacques Van de Beuque. As obras expostas pertencem a 300 artistas brasileiros e foram produzidas a partir do século 20.

No local onde está situado, o museu sofreu seis inundações nos últimos oito anos, em decorrência da construção de um empreendimento imobiliário no seu entorno, autorizado pela prefeitura, sendo a pior inundação a registrada no último dia 8, em decorrência do forte temporal que caiu sobre a cidade. A urbanização do condomínio deixou o empreendimento mais elevado que o nível do museu. Lucas Van de Beuque disse que a prefeitura reconheceu sua responsabilidade nesse processo e já está com orçamento para terminar a nova sede do museu. “Já tem um orçamento que está na Riourbe e agora, na verdade, é uma decisão política de liberar o recurso para fazer a licitação”, expôs o diretor executivo do equipamento cultural.

As constantes inundações põem em risco todo o acervo do museu, “além de gerar danos materiais mesmo”, disse Van de Beuque. “A gente conseguiu salvar todo o acervo do museu, mas a estrutura expositiva do museu foi afetada (no último temporal). Então, é um prejuízo, causado por uma decisão da prefeitura”.

Em nota divulgada hoje (20), a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação informou que agendará uma reunião com representantes da RioUrbe, da Secretaria Municipal de Urbanismo e do museu para avaliar as demandas necessárias e buscar uma solução para o problema do equipamento.

Exposição
Enquanto aguarda uma resolução da prefeitura, o Museu Casa do Pontal inaugura no próximo dia 24 nova exposição na Galeria do Espaço Cultural do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro. Trata-se da Exposição Fronteiras da Arte, que apresenta um conjunto de 100 esculturas e modelagens de arte popular de autoria de 27 artistas de todo o país.

O diretor executivo esclareceu que a exposição já estava planejada e faz parte de um edital do BNDES do qual o equipamento foi um das instituições selecionadas. A visitação para o público será aberta no período de 25 de abril a 28 de junho, das 10h às 19h. Obras de Mestre Vitalino e Dona Isabel, além de Ulisses, Galdino e Francisco Graciano, estarão expostas entre outros artistas populares brasileiros.

A mostra será uma oportunidade de o público conhecer um pouco do acervo do Museu Casa do Pontal, que se encontra fechado no momento, sem previsão de reabertura.

ABr


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114