» mais
Comentar           Imprimir
Variedades
Sábado, 13 de maio de 2017, 11h04

Sefaz realiza evento em comemoração ao Dia das Mães


Em comemoração ao Dia das Mães, celebrado no domingo (14.05), a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT) promoveu uma feirinha com artigos produzidos pelos servidores e familiares, que reuniu cerca de 20 expositores. A “Feirinha das Mães” ocorreu na quinta-feira (11.05), no saguão do Complexo I, e teve como objetivo valorizar o talento dos servidores e incentivar a interação no ambiente de trabalho.

A ação foi coordenada pela Gerência de Saúde no Trabalho e Qualidade de Vida (GQV). O gerente do setor, Daniel Oliveira Araújo, disse que a ideia de comemorar o Dia das Mães com o incentivo do talento dos servidores proporcionou oportunidade tanto para quem vende como para quem procura o melhor presente. “O evento oportuniza a facilidade da venda a quem produz e a quem quer comprar, pelo fato de ter o produto no local de trabalho, em especial nesta data comemorativa. Quisemos contribuir com responsabilidade social em um evento bonito e que garante a interação entre os servidores”, concluiu.

Para o secretário de Estado de Fazenda, Gustavo de Oliveira, o evento contribuiu para ressaltar a importância do potencial criativo de cada servidor nos momentos de lazer, em família. “Este evento mostra que os seres humanos são mais do que só trabalho, fazem e buscam outras atividades. Tenho certeza que cada servidor que está aqui hoje, expondo seus produtos, fazem com paixão, porque gostam e o resultado são peças muito bem feitas, como as expostas”.

O gestor aproveitou o momento para destacar a valorização das mães, vendo nos produtos expostos a escolha do presente que será entregue neste domingo (14.05). “Muito mais do que dar presente para a mãe, temos que pensar em nossos valores, como devemos distribuir nosso tempo e como podemos retribuir a alguém que se dedicou tanto a nós, desde que nascemos até a maturidade. Sou ‘marmanjo velho’ e tenho até hoje minha avó e minha mãe cuidando de mim. Acima da escolha do presente a ser dado nesta data, o mais importante é lembrar sempre e marcar o dia com uma celebração especial junto a toda família”, completou Oliveira.

Dentre os produtos comercializados, estavam muitos doces gourmets, salgados e produtos regionais, como molho de pequi, mel e banana chips. Tapetes, bijuterias, livros e roupa infantil também foram comercializados durante a feirinha.

Além do mote artesanal, a feirinha também abriu espaço para o trabalho social realizado pela empresa MMartan, que reverteu 5% da renda obtida com a venda dos produtos para a Casa da Mãe Joana. A Associação Mato-Grossense Voz Animal (AVA) também esteve presente com camisetas e copos personalizados. Fundada em 2003, a Associação atua em Cuiabá e Várzea Grande, em prol da conscientização e proteção aos animais abandonados ou vítimas de maus tratos.

Ao final do evento, 12 brindes, ofertados pelos expositores, foram sorteados entre os visitantes.

Participação

Uma das primeiras a chegar para arrumar o cantinho de vendas foi Sueli Oliveira, artesã de Chapada do Guimarães, que expôs peças em patchwork, redes e bonecos de pano. Ela agradeceu o convite para participar do evento e disse que a ação fez a diferença no orçamento do mês. “Esta feirinha salvou meu mês, poderei colocar algumas contas em dia, em especial meu aluguel. Foi uma bênção e um presentão de Dia das Mães, estou muito feliz, superou minhas expectativas”, conta Sueli, que é tia da psicóloga da Gerência de Saúde no Trabalho e Qualidade de Vida (GQV), Sani Neves.

Outra expositora que também esbanjava alegria com a grande procura por seu trabalho era Elizabete de Sá, que apresentou peças em crochê. “Foi uma excelente oportunidade, pois nós, artesãos, precisamos de apoio para mostrar os trabalhos, que em muitos casos servem também como uma terapia, além de ajudar na renda doméstica”. Elizabete é cunhada da servidora Sandra Regina Silveira (COFAZ) e também dá aulas de artesanato para idosos que frequentam o projeto do Sesc Arsenal.

A servidora Wilma Harumi Miyakawa (GEF) foi prestigiar o evento e conferir o que estava sendo oferecido. Optou apenas pelas iguarias, que eram muitas e variadas, mas afirma que o melhor foi poder encontrar colegas que não via há muito tempo. “Encontrei muitos colegas que trabalham aqui na Sefaz e não vejo com frequência, além disso, pude provar muita coisa gostosa que nossos colegas produzem. Excelente iniciativa”. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114