» mais
Comentar           Imprimir
Variedades
Sexta, 11 de agosto de 2017, 14h21

Linguagem do Teatro Hip-Hop é tema de palestra gratuita no Cine Teatro


.

Neste sábado (12) o Cine Teatro Cuiabá recebe o Núcleo Bartolomeu de Depoimentos (SP) que dividirá com o público sua trajetória na palestra "17 anos Teatro Hip-Hop - Uma partilha de procedimentos", das 9h às 11h. O encontro conta com a presença dos fundadores do grupo teatral Claudia Schapira e Eugênio Lima. O evento é gratuito e aberto ao público em geral.

Claudia é membro fundadora do Núcleo, onde atua como diretora, dramaturga, atriz-MC e figurinista. Já Eugênio é membro fundador dos coletivos artísticos do grupo e atua como DJ, diretor , pesquisador, coreógrafo e ator-MC.

Há 17 anos, o Núcleo Bartolomeu de Depoimentos desenvolve, difunde e cria pesquisas de linguagem a partir da união do teatro épico com o hip-hop, resultando no Teatro Hip-Hop, um conceito pioneiro no Brasil que abre inúmeras possibilidades e campos de ação, dialogando com tendências e diversidades das manifestações urbanas.

Tudo começou em 1999, quando Claudia Schapira deu início à realização do projeto do espetáculo "Bartolomeu, o que será que nele deu?," inspirado em Bartleby, the Scrivener: A Story of Wall Street (1953), do escritor americano Herman Melville. Esse espetáculo, que estreou em dezembro de 2000, foi a primeira experiência do que se tornaria mais tarde o Núcleo Bartolomeu de Depoimentos e do que seria sua linguagem.

A palestra, que possui o formato de roda de conversa e irá abordar o teatro hip-hop e suas perspectivas, desdobramentos e impactos na cidade de São Paulo.

O Cine Teatro Cuiabá é um equipamento cultural da Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT), administrado pela Associação Cultural Cena Onze por meio de contrato de gestão. Está localizado na avenida Getúlio Vargas, 247, centro. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114