» mais
Comentar           Imprimir
Variedades
Quinta, 09 de novembro de 2017, 09h31

Servidores da Assembleia Legislativa participam de Encontro de Corais em VG


Por Fablicio Rodrigues
.

Seguindo a tradição de participar de eventos musicais diversificados, o Coral de Servidores da Assembleia Legislativa se apresenta neste sábado (11), às 18h, no Encontro de Corais da Igreja dos Santos dos Últimos Dias. O evento acontece na unidade da Avenida Filinto Müller, em Várzea Grande. Uma oportunidade para os apreciadores da música erudita conferir de perto a afinação do grupo. “A meta é oferecer mais um espetáculo musical de qualidade e promover o intercâmbio entre os corais”, justificou o maestro Carlos Taubaté, regente do coral da ALMT.
No último mês de outubro, a Assembleia Legislativa sediou o encontro de corais com a presença dos coros da Assembleia Legislativa (a anfitriã), do Tribunal de Contas do Estado, da Arquidiocese de Cuiabá, da Terceira Idade da UFMT, o Coral Infantojuvenil da Associação Arte Cidadã de Santo Antônio de Leverger e o Coral da UFMT.

Com repertórios variados, fizeram suas performances e propiciaram intercâmbio entre os cerca de cem coralistas que se apresentaram, além de fornecer aos regentes um panorama significativo do canto coral em Mato Grosso. O público presente, de aproximadamente 300 pessoas, esteve confortavelmente acomodado no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros.

Em uma outra iniciativa, a fim de estimular, desenvolver e aprimorar a prática de canto coral, a Sala da Mulher promoveu o I Festival de Coros também no espaço cultural Zulmira Canavarros. A atividade marcou o início dos trabalhos do Coral de Servidores da Assembleia como integrante da Presidência da Casa. “O coral integrava o Instituto Memória e agora passa a integrar a Sala da Mulher. Queremos fomentar o intercâmbio entre o nosso coral e os de outras instituições”, disse a coordenadora da Sala da Mulher, Daniella Paula de Oliveira.

Hoje o Coral da Assembleia Legislativa conta atualmente com 25 vozes – sendo oito sopranos, sete contraltos, seis tenores e quatro baixos, com um repertório variado que busca o enriquecimento cultural do público, sem perder de vista a música regional, sempre presente nas apresentações. A partir de uma iniciativa da Superintendência do Instituto Memória, o coral de servidores da Casa foi regulamentado pelo Projeto de Resolução nº 51/2017, que dispõe sobre a criação do mencionado coral. O projeto foi apresentado pelo presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho (PSB), e foi institucionalizado na estrutura do Legislativo mato-grossense na sessão do dia 4 de abril, e recebeu parecer favorável da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114