» mais
Comentar           Imprimir
Variedades
Quinta, 29 de março de 2018, 19h33

Cinco mil fiéis devem participar de Via-Sacra no Morro do Cruzeiro


Antes mesmo do amanhecer da Sexta-Feira Santa cerca de cinco mil fiéis devem realizar um ato de fé e piedade durante a oração da Via-Sacra no Morro do Cruzeiro em Aparecida (SP). A procissão se inicia às 5h e recorda os últimos momentos da vida de Jesus divididos em 14 estações ao longo dos 900 metros de caminhada até o alto da colina. O silêncio e o respeito são fortes marcas do momento penitencial, que abre as atividades do dia no Santuário Nacional.

A caminhada dura cerca de uma hora e meia subindo aproximadamente 87 metros de altura. Ao longo do caminho, os painéis confeccionados em cimento pelo artista Adélio Sarro representam o sofrimento de Cristo no caminho para o Calvário. A caminhada chega ao fim aos pés de uma enorme cruz em aço que pesa 25 toneladas e possui 23m de altura.

O momento reúne aparecidenses e romeiros que realizam o percurso como forma de penitência e recordação dos sofrimentos vividos por Jesus em Jerusalém. Muitos dos presentes carregam velas nas mãos, representando a luz de Cristo que venceu a escuridão da morte. Outros realizam o trajeto descalços como forma de sacrifício.

Uma tradição de fé - A primeira cruz no alto do morro foi fixada em 1925 e, durante a celebração da Semana Santa do ano de 1948, no dia 6 de abril, foram inauguradas as capelinhas da Via-Sacra pelo vigário Padre Antônio Pinto de Andrade. No ano 2000 o local foi remodelado, ganhando a forma de hoje.

Celebrações da sexta-feira – Além da oração no Morro do Cruzeiro, a Via-Sacra também será celebrada no Altar Central às 9h, com meditação teatral. Ao meio-dia, acontece a celebração do Sermão das Sete Palavras, que rememora as últimas falas de Jesus, quando já estava crucificado. No período da tarde, às 15h acontece o principal momento do dia, com a Celebração da Paixão de Cristo, seguida, às 16h30, da Procissão do Senhor Morto.

Ao longo de todo o dia são esperados mais de 43 mil fiéis.

Para visualizar a programação completa acesse: www.a12.com/semanasanta 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114