» mais
Comentar           Imprimir
Variedades
Sábado, 19 de maio de 2018, 08h04

Sexteto de Metais da Orquestra se apresenta neste domingo (20) no Centro Cultural


No domingo (20), às 10h, começa no Auditório do Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) a série de música de câmara da Orquestra da Universidade. A série, que integra a temporada “Cuiabá Tricentenária”, consiste em poucos instrumentistas e destinada a pequenos espaços, com o objetivo de oferecer um novo conceito e horário de música erudita ao grande público. A primeira apresentação será realizada pelo sexteto de metais da OSUFMT e a entrada é gratuita.

O homenageado é o professor aposentado e ex-reitor da UFMT, Benedito Pedro Dorilêo, um dos idealizadores da Orquestra Sinfônica. “A Orquestra foi fruto de muito esforço e engajamento da comunidade acadêmica. Na época de sua criação, instrumentos eruditos, como o oboé, foram trazidos pela primeira vez em solo mato-grossense. Também ajudei a idealizar o Coral da UFMT, e, com isso, proporcionar à sociedade local o contato com a música erudita e de qualidade. Agradeço a homenagem da Administração Superior e da Orquestra que hoje é referência em Mato Grosso, e também reverencio os pioneiros, como o primeiro maestro, Konrad Winner, e o primeiro intendente administrativo, Domingos Vieira de Assunção”, destaca o professor.

O grupo que apresenta a performance no domingo é o Sexteto de Metais. “O sexteto é um dos grupos atuantes há mais tempo na Orquestra, sendo criado em 1994. A formação atual toca junto há cerca de cinco anos. Procuramos, nesta apresentação, oferecer um repertório que transita entre o erudito e popular, nacional e regional, passando pelo regional. O formato foi todo pensado para oferecer música de alto nível para as famílias, de maneira dinâmica”, comenta o líder do sexteto e trompetista, Jader Evangelista Gonçalves. Os demais participantes desta etapa são Benedito Fausto Pereira Borges Filho (trompete), Jorival Ramos de Moraes e Gunarwingrem Júnior, como convidado (trombone), Eurico Rocha de Castro (tuba) e Marcelo Mendonça (bateria e percussão).

Repertório

O programa é composto por 12 peças, entre compositores clássicos, como Tchaikovsky, Giacchino Rossini, Jaques Offenbach, passando pelo jazz (pelas peças “Mood Indigo” e “XIX Julho”) e por faixas consagradas da música popular brasileira e internacional, como “Autumn Leaves”, “Bésame Mucho”, “Garota de Ipanema”, “Wave”, “O bom filho à casa torna”, “Medrosa” e “Trem do Pantanal”. A música regional é evidenciada por músicas de rasqueado selecionadas e da peça “Vuelve Madrecita”, da compositora cuiabana Zulmira Canavarros.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114