» mais
Comentar           Imprimir
Variedades
Quarta, 06 de junho de 2018, 18h44

Bazar beneficente oferece mais de 500 peças com preços acessíveis; entrada é livre


Mais de 500 peças, entre roupas, calçados e acessórios, estão disponíveis para venda, a baixo preço, no foyer do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros. Trata-se do Bazar Solidário, em prol das Obras Sociais Anália Franco. O evento ocorre hoje (06) e amanhã (07), das 8h às 17h, e é realizado por meio da parceria com a Sala da Mulher, braço social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Há peças para crianças e adultos, com preços a partir de R$ 5. A meta das Obras Sociais Anália Franco é arrecadar R$ 5 mil, para contribuir com as ações desenvolvidas pela instituição filantrópica. O Anália Franco atende, semanalmente, 100 pessoas em situação de vulnerabilidade social, da região do bairro Doutor Fábio 2.

A instituição oferece cursos durante a semana e, aos sábados, uma série de atividades que mesclam atendimentos sociais e ensinamentos religiosos – a entidade filantrópica é espírita. Aos cerca de 100 frequentadores aos sábados, é oferecido café-da-manhã, almoço, evangelização e atividades práticas.

A vice-presidente das Obras Sociais Anália Franco e servidora da Assembleia Legislativa, Clélia Maria de Oliveira, resume sobre a unidade: “É uma instituição carente, filantrópica, que ajuda pessoas necessitadas”, aproveitando a oportunidade para convidar a população para “olhar a ponta também”, se referindo a pessoas que precisam de suporte.

“Tem gente desempregada, passando fome, com problemas familiares como drogas, precisando de condução moral” e é com esse público que os voluntários das Obras Sociais trabalham. E é para seguir desenvolvendo essas ações que o bazar busca arrecadação. Quem não pode contribuir financeiramente pode se voluntariar para a prestação desses atendimentos.

A diretora geral do Teatro Zulmira Canavarros e administradora da Sala da Mulher, Daniella Paula Oliveira, avalia esse evento como especial, já que, além de “ajudar uma instituição que tem feito um importante trabalho social”, ainda “alimenta o consumo sustentável, consciente” dos vestuários.

A gestora reitera o apoio ao Anália Franco e reforça a disponibilidade das duas unidades administradas por ela no apoio de outras entidades filantrópicas reconhecidas pelo trabalho desenvolvido. “Estamos de portas abertas, aguardando vocês”, convida.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai Emanuel tem várias denúncias por corrupção
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114