» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Segunda, 24 de abril de 2017, 08h41

Moradores locais serão guias turísticos em Nobres


Por: Dayanne Santana
.

Para falar sobre as belezas de um lugar, nada melhor que deter as informações sobre o assunto. A troca de experiências na área também eleva o conhecimento e fortalece as opiniões. Com essa visão, a primeira turma do curso técnico de Guia de Turismo Regional, que se forma em meados deste ano, em Nobres, está prestigiando a Fit Pantanal. O município de Nobres também marca presença com estande no evento, juntando-se às demais cidades representadas. O evento termina neste domingo (23.04)

Para o secretário municipal de Turismo e Cultura de Nobres, Daniel Martins da Cruz, são os Guardiões do Cerrado, como são chamados, que protegem a natureza e sabem o que oferecer aos visitantes. “A gestão atual definiu que são os guias turísticos que devem informar. Para isso, estão sendo formados e comprometidos com a missão. Dos 30 que iniciaram, 28 estarão concluindo”, destacou. O curso oferecido pela Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado (Secitec), tem dois anos de duração, termina em julho.

Liderados pela professora turismóloga Glaucia Regina da Silva, a turma procura extrair o máximo de detalhes sobre a culinária, artesanato e potenciais turísticos que estão apresentados na Fit Pantanal, de diferentes regiões do Estado. Além das ações desencadeadas pelo Ministério do Turismo, do governo do Estado, do Sebrae, e demais envolvidos no evento.

 

.

“Muito bacana essa oportunidade de poder tirar as riquezas da cultura mato-grossense e levar essa experiência para o curso, socializar com outras pessoas”, disse Valmir de Freitas, que era motorista antes de iniciar os estudos na área. Ele ingressou na capacitação a convite dos gestores, devido ao conhecimento que já tem sobre a região.

A iniciativa de transformar o conhecimento da população e acadêmicos é uma ação que vai ao encontro do que o Ministério do Turismo quer, de “preparar a população para essa atividade econômica tão importante”, conforme destacou a secretária nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, Teté Bezerra, na abertura da Fit Pantanal 2017, no dia 20 deste mês.

Agregar a vivência da comunidade local ao turismo, é uma a alternativa para agregar valor à cadeia produtiva, gera renda para os moradores. Eles participam do processo e se sentem valorizados. “É a oportunidade que temos de mostrar o faz parte da nossa realidade, as belezas naturais são nossas aliadas nessa construção”, lembrou o guia turístico.

A Feira Internacional do Pantanal termina neste domingo (23.04), com uma vasta programação cultural entre os atrativos da noite.

Realização

A feira é promovida pelo Governo do Estado de Mato Grosso e o Sindicato das Empresas de Turismo/Sindetur, em com a parceria da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Mato Grosso (ABIH-MT) e a Associação Brasileira de Agências de Viagens de Mato Grosso (ABAV-MT). Além do apoio da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio/MT), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Mato Grosso, Centro de Pesquisa do Pantanal (CPP) e Serviço de Aprendizagem Comercial de Mato Grosso (Senac/MT). 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114