» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Segunda, 24 de abril de 2017, 11h06

Nobres caminha para a consolidação como destino de ecoturismo


Por Dayanne Santana
.

Mato Grosso tem grande potencial para o ecoturismo, turismo sustentável, diversas opções de lazer em contato com a natureza, ofertado durante o ano todo. Um dos exemplos que tem dado certo, é o distrito de Bom Jardim, em Nobres. Que segundo Álvaro Ornellas, o município “aponta como um dos principais destinos, uma joia do ecoturismo para o mundo dos negócios”.

A discussão realizada durante a Feira Internacional de Turismo do Pantanal – FIT Pantanal 2017, trouxe Nobres como um dos destinos do ecoturismo mato-grossense que caminha para a consolidação. O município integra o chamado “Corredor Turístico”, juntamente com outros polos, sendo eles: Pantanal, Chapada dos Guimarães, Baixada Cuiabana, e a região do Araguaia. O objetivo da atual gestão do Governo de Mato Grosso é criar um ambiente de negócios favorável ao desenvolvimento da atividade no Estado.

O coordenador de Planejamento da secretaria adjunta de Turismo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT) Diego Beserra, falou das ações da pasta em prol do desenvolvimento do destino turístico. “Nobres é um dos destinos com maior potencial para o ecoturismo, e temos trabalhado para isso. Ainda necessita que a atividade de turismo ocorra com base na sustentabilidade para preservação do local. Uso sustentável e conservação, consciência ambientalista, e o envolvimento da comunidade local, são fundamentais para a consolidação como roteiro de turismo ecológico”.

“Em 2015, realizamos uma série de oficinas no Corredor Turístico, e fizemos questão de trabalhar com os três atores: poder público local, iniciativa privada e sociedade civil organizada. A proposta foi identificar potenciais, demandas prioritárias do destino. Nobres, embora destino de ecoturismo, está ainda em fase de organização. Tem deficiência em infraestrutura turística e geral. É preciso que haja investimentos não só em estrutura física, bem como divulgação e comunicação, sinalização turística, intervenções que são necessárias não só por parte do poder público, como também dos empreendedores locais”.

A diretora técnica do Sebrae-MT, Leide Katayama, destacou a importância do comprometimento dos envolvidos para o desenvolvimento da região como destino turístico. “São as pessoas que fazem o turismo. O Sebrae desenvolveu um trabalho em Nobres que foi o Lidera Turismo. Esse processo é uma metodologia para construir uma governança local, porque antes de discutir a participação popular, nós entidades, com a responsabilidade de fazer o desenvolvimento desse processo, temos que pensar primeiro em estabelecer a governança. É preciso pessoas comprometidas e engajadas no processo de desenvolvimento, para termos alcançarmos a consolidação do destino”.

O primeiro operador de turismo em Nobres, Alex Vieira, da Trip Nobres, falou do início do trabalho no município, que até pouco tempo era roteiro apenas para pesca. Segundo ele, muita coisa mudou de lá para cá. “Nobres era conhecido apenas como um roteiro de pesca. Somente duas propriedades trabalhavam com ecoturismo. Foi por meio do Governo do Estado, que se começou a pensar em ecoturismo. Foi uma evolução muito grande. Visitei Bonito (MS) para conhecer e aprender com eles”.

Vieira lembrou da dificuldade para divulgar o tema no município e das parcerias para qualificar as pessoas. “Fizemos palestras com os proprietários e funcionários, apresentamos o potencial de Nobres para ser um atrativo turístico para além da pesca. Enfrentamos muita resistência. Buscamos parcerias com o Sebrae para a qualificação e contamos com a rodovia do Manso, que muito favoreceu o acesso ao local”.

Quanto às dificuldades, Vieira ressalta que o maior problema enfrentado é a regularização fundiária, que depende da esfera nacional. Ele ressalta ainda que apenas 10% do potencial de Nobres é explorado.

Ações

O secretário adjunto de Turismo da Sedec, Luis Carlos Nigro, destacou que o Governo do Estado acredita no potencial de Nobres e tem a missão de fazer do município, um case de sucesso como destino de ecoturismo. “Nobres tem algumas questões como a gruta da lagoa Azul, fechada desde 1994. Já passamos por várias etapas, entre elas a elaboração do plano de manejo. A área pertence à Superintendência de Patrimônio da União e iniciamos o processo para passar a propriedade para o Estado e para o município. Falta ainda, que o Incra avalize a doação da área”.

Quanto à regularização fundiária, Nigro ressaltou que o núcleo urbano já está praticamente regularizado e os títulos serão entregues. “Já quanto ao núcleo rural, estão sendo feitos o licenciamento ambiental dos atrativos e alguns já foram entregues pelo governador Pedro Taques e outros devem ser entregues ainda neste ano”.

Nigro disse ainda que este é um trabalho desafiador e que o Governo irá realizar vário investimentos no município. “Nossa missão é fazer de Nobres, um case de sucesso do Estado, e para isso serão realizados vários investimentos no município, dentre elas, instalação de rede de telefonia celular em Bom Jardim, asfaltamento de 9 km ligando a MT-241 até a Rota das Águas. Uma praça e um Centro de Atendimento ao Turista (CAT) em Bom Jardim, o Plano Diretor do município para ter um ordenamento nas construções”.

O secretário lembrou ainda do programa Desenvolve Turismo, lançado na FIT Pantanal 2016. Uma linha de crédito ofertada pela Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso (Desenvolve MT) direcionada a micro, pequenas e médias empresas do setor que tem até R$ 600 mil, por tomador, para investir em melhorias e ampliações do negócio. Os recursos podem ser utilizados para investimentos como ampliação e melhorias na estrutura física, aquisição de equipamentos e capital de giro.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114