» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Quarta, 02 de agosto de 2017, 22h36

Encontro de Negócios atraiu participantes do interior e de outras capitais


A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Mato Grosso (ABIH-MT), promoveu o 2º Encontro de Negócios, realizado na segunda (31.07), no hotel Deville, em Cuiabá. Participaram mais de 200 pessoas, de diversas cidades do interior e de fora do Estado, entre empresários, autoridades, prestadores de serviços e colaboradores para fomentar a discussão e debater estratégias para o futuro do ramo hoteleiro no Estado.

Conforme o secretário adjunto de Turismo da Sedec, Luis Carlos Nigro, o evento chegou em boa hora, pois o cenário no setor de hotelaria da capital se mostra fragilizado. “Em meio à crise, precisamos criar, e, esses eventos ajudam a fortalecer o setor. Esperamos fazer do turismo mato-grossense algo para se orgulhar, afinal, o segmento dá retorno imediato em todos os sentidos: gera emprego, distribui renda, movimenta mais de 50 segmentos econômicos e consegue empregar mão de obra muitas vezes com baixa qualificação, garantindo ao pai de família uma renda extra”, discursou.

Programação técnica

As palestras contaram com nomes renomados, como o expert em vendas online, Marco Vieira, que apresentou lições aprendidas durante seus mais de 15 anos dedicados ao mercado do turismo nacional e internacional. Ele falou sobre o poder da internet para questões como captação de clientes e vendas. “Hoje em dia as pessoas realizam verdadeiros processos para viajar. Não é simplesmente ver hotel e comprar passagem. Pesquisam, querem ver imagens, vídeos, comentários, avaliações. Por isso, é primordial que os empresários invistam em um bom portal, interativo, com fotos profissionais, com boa navegação, informações claras e possibilidade de reservas online. As pessoas querem ser transportadas para o local antes mesmo de decidir. É assim que se conquista os clientes, tem que ter encantamento e, claro, prometer o que realmente pode oferecer”, ressaltou.

Roberto Rotter, que apresentou a palestra ‘Gestão Estratégica em Meios de Hospedagem’, definiu Mato Grosso como um polo de serviços e turismo ainda pouco conhecido. “Um imenso potencial a ser conhecido e a necessidade de união do setor pode transformar a região como polo de turismo no Brasil. Temos exemplos de sucesso como Gramado (RS) e Bonito (MS) que usaram essa estratégia e hoje são referências no País”, disse.

Eduardo Eubank Campos que é um dos diretores da Pousada Piuval, em Poconé, foi convidado para falar sobre a conquista do certificado da ABNT NBR 15.401 - Meios de Hospedagem - Sistema de Gestão da Sustentabilidade. Quem também recentemente conseguiu receber a mesma certificação foi a Pousada Rio Claro, localizado na região da Transpantaneira, em Mato Grosso. As empresas passaram por muitas alterações estruturais, de processos, capacitação de equipes, tudo para que incluíssem a sustentabilidade em suas estratégias empresariais. Hoje no Brasil, cerca de 20 estabelecimentos possuem esse certificado.

“Comecei a ouvir falar em sustentabilidade em 2007. Foi quando me aprofundei no assunto e com a ajuda do Sebrae vi que poderia aplicar os conceitos no meu negócio. Com muito esforço e dedicação, conquistamos o selo e hoje nos orgulhamos do que fazemos. Na Piuval temos gestão dos resíduos sólidos, de água, de energia, captação de água da chuva, aquecedor solar, plantação com plantas nativas da região, uso de madeiras de reflorestamento, qualificação da mão-de-obra local, entre outros processos”, detalhou Eduardo.

Rafael De Bona é um dos proprietários de um dos mais antigos empreendimentos hoteleiros de Sorriso, o hotel São Miguel que existe a quase 30 anos e veio se atualizar sobre novas estratégias de mercado, inovação, tecnologia. “A programação das palestras me interessou bastante, pois, estamos no momento de modernizar a nossa empresa, fazer ampliações e, para isso, precisamos estar conectados com as novas tendências e saber quais estratégias e caminhos seguir na voz de pessoas com muita experiência”, esclareceu.

Encerrando as atividades, o especialista com vasta experiência em marketing e vendas, Paulo Salvador, falou sobre os desafios da hotelaria em uma era de mudanças e competição extrema. Salvador apontou a força do turismo que, de acordo com dados da Organização Mundial do Turismo (OMT), até 2020, poderá chegar a marca dos 2 bilhões de turistas no mundo. “O turismo hoje é, sem dúvida, um dos pilares econômicos mais importantes do Planeta. Portanto, é necessário que toda a cadeia envolvida tenha capacidade de pensar, de forma contínua, pois, com a velocidade das informações, não dá para ficar parado na cadeira achando que já fez a sua parte. O empresário precisa entender se vale mesmo a pena ser independente ou migrar para uma bandeira, que é uma questão complexa. De toda forma, o maior ativo que vocês têm é o quarto do hotel, vazio, ele não significa nada. Tem que saber atrair clientes, emocioná-los, desde a hora que chegam até depois, e isso, só quem pode oferecer são os hotéis e pousadas e não as companhias aéreas, agências, ou empresas intermediárias. Usem isso como trunfo”, exclamou.

Também participaram do evento profissionais e empresas que fornecem produtos e serviços para a hotelaria em formato de exposição. Passaram pelo local quase 300 pessoas ao longo do dia. A inscrição dos associados da ABIH-MT foi um quilo de alimento não perecível, que foram revertidos para o Centro Espírita Wantuil de Freitas.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114