» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Segunda, 06 de novembro de 2017, 16h46

Mais de 8,6 milhões de pessoas devem visitar os parques nacionais em 2018


Os parques nacionais devem registrar crescimento de 11,5% de visitantes no próximo ano, segundo estimativa do instituto Euromonitor International, organização voltada para análises de mercado. O órgão indica: “8,6 milhões de pessoas devem visitar as unidades de conservação nacional em 2018”.

Rico por sua diversidade natural, o Brasil tem promovido as áreas destinadas à proteção e conservação ambiental – fauna, flora e recursos naturais, como: rios, lagos e formações rochosas – para visitação turística. Nos parques de domínio municipal, estadual ou federal, as visitas são permitidas, porém controladas por força de lei. Existem 72 parques nacionais, com 22% das 324 unidades de conservação distribuídas por todo o território e que totalizam cerca de 79 milhões de hectares.

Segundo levantamento do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em 2015, os parques registraram essa marca de 8 milhões de visitantes. Os mais procurados foram: Tujuca, com 2,9 milhões de visitas; Jericoacoara, com 780 mil; e de Brasília, com 294 mil. Em cifras, ainda conforme o levantamento do ICMBio, a atividade turística nas unidades de conservação federais em 2015 movimentou mais de R$ 1 bilhão nos Municípios e gerou cerca de 43 mil empregos.

Consumo

O valor agregado total, de acordo com o estudo, chegaria a R$1,5 bilhão. Os turistas gastaram em consumo direto R$ 1,1 bilhão. Os setores mais beneficiados com as despesas foram o de hospedagem, com R$ 267 milhões, de alimentação, com R$ 241 milhões, e de combustível, com R$ 206 milhões.

Por reconhecer a importância da atividade e dos benefícios conquistados por meio dela, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) incentiva os gestores municipais a promoverem o turismo ecológico e de aventura nas localidades que tem atrativos dessa natureza. Inclusive, a Entidade promove novo evento para debater o turismo em parques naturais.

Debate

O Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial - Turismo Sustentável em Desenvolvimento e o Patrimônio Mundial será em Foz do Iguaçu (PR), entre os 27 e 30 de novembro. A agenda é promovida junto com o Dialogo Municipalista do Estado, em parceria com a Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM), com o apoio institucional da Prefeitura de Foz do Iguaçu e com apoio financeiro da Caixa Econômica Federal. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) também são entidades apoiadoras do evento.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114