Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Segunda, 11 de dezembro de 2017, 15h03

Governo apresenta proposta de gestão do Complexo Turístico da Salgadeira


O Governo do Estado, por meio da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento do Turismo e da MT Parcerias SA (MT Par), promove, nesta terça-feira (12/12), uma reunião para apresentar aos empresários do ramo de bares, restaurantes e similares, a proposta de gestão do Complexo Turístico da Salgadeira, na rodovia que dá acesso a Chapada dos Guimarães.

Durante a reunião também será feita a apresentação do chamamento público para a gestão compartilhada do Complexo Turístico da Salgadeira.

Um dos principais pontos turísticos de Mato Grosso, o Complexo da Salgadeira está sendo reestruturado para atender a turistas de todo país. As obras do complexo encontram-se em ritmo acelerado e a previsão de entrega é para abril de 2018.

O local contará com área de banho, estacionamento para carros e ônibus, restaurante, loja de suvenires, trilhas, quadra poliesportiva, playground para crianças e um centro ambiental que contará a história das Chapadas do Brasil.

O projeto da Salgadeira foi pensado para o público com dificuldade de locomoção e, para a segurança dos turistas, além da acessibilidade, o novo Complexo conta também com uma rede coletora para tratamento de esgoto, entrada única para melhorar o controle, instalação de câmeras e um centro de referência para anteder animais atropelados.

A reunião será no Palácio Paiaguás, na sala de reunião Garcia Neto, às 15 horas.

Assunto: Apresentação da proposta de gestão do Complexo Turístico da Salgadeira
Data: 12/12/2017 – Terca-feira
Horário: 15h
Local: Salão Nobre Garcia Neto – Palácio Paiaguás

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114