Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Quarta, 17 de janeiro de 2018, 11h42

Governo busca soluções para financiar o turismo em Nobres


Considerado um paraíso natural localizada a poucos quilômetros da Cuiabá (152 km), Nobres ainda convive com a falta de infraestrutura para o turismo. Contudo, os empresários que compõem o trade turístico já vivem a expectativa de experimentar um novo ciclo econômico e de maneira sustentável. A possibilidade da tomada de financiamentos foi discutida por autoridades do Estado, município e empresários nesta terça-feira (16), na sede da agência de fomento Desenvolve-MT.

A proposta do Governo do Estado é de alavancar os empreendimentos já existentes na região, além da construção de novos. De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Carlos Avalone, o principal entrave vivido pelos empresários se deve à falta de garantias para a tomada de crédito - visto que a maioria das propriedades não possui escrituras definitivas. “Nossa proposta é disponibilizar recursos por meio do Fungetur. Afinal, Nobres desponta como um dos importantes atrativos turísticos de Mato Grosso”.

Durante a reunião, Daniel Martins, que comanda atualmente a pasta do turismo no município de Nobres, lembrou que este não é o primeiro encontro com representantes do Estado em busca de soluções para o setor. “Estamos felizes pelo empenho do Governo na resolução deste impasse que já dura 17 anos. Participamos recentemente de uma reunião na Casa Civil, com o então secretário-chefe, hoje presidente do Desenvolve-MT, José Adolpho. Sem dúvidas este financiamento ajudará a reestruturar o setor, além de possibilitar a abertura de 19 atrativos novos em consultoria com o Sebrae”.

Com o objetivo de apoiar a implantação, ampliação, modernização ou reforma de empreendimentos turísticos como hotéis, agências de viagens e parques temáticos, José Adolpho Vieira destacou a importância de alinhar a oferta dos produtos com a necessidade dos empresários. “Foi bom para esclarecer os limites de créditos de até R$ 200 mil, sobre a possibilidade que a entidade está buscando de ter outras garantias que não os títulos de propriedade. Temos certeza de que no nosso próximo encontro, que será lá em Nobres, conseguiremos avançar ainda mais neste sentido”, destacou Adolpho.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114