» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Quarta, 18 de abril de 2018, 09h04

Parque Nacional da Tijuca foi o mais visitado em 2017


.

Em um ano que registrou um crescimento de 20% no número de visitantes nas unidades de conservação nacionais, o Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro, onde está o Cristo Redentor, garantiu a liderança no ranking com a marca de 3,3 milhões de visitantes. Os dados são do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), responsável pela gestão de parques, florestas, áreas de proteção ambiental e reservas extrativistas, entre outras.

O segundo lugar ficou com o Parque Nacional do Iguaçu (PR) que recebeu 1,8 milhão de pessoas. O principal atrativo local são as Cataratas do Iguaçu, consideradas patrimônio natural da humanidade da Unesco, na Tríplice Fronteira de Foz do Iguaçu (Brasil, Argentina e Paraguai).

Para completar o pódio, o Parque Nacional de Jericoacoara (CE), que desde o ano passado ganhou um aeroporto para voos diretos, foi o terceiro em número de visitantes: 800 mil. O Brasil é considerado o país número um em atrativos naturais segundo o Fórum Econômico Mundial e os parques nacionais abrigam toda a beleza e diversidade que compõem as paisagens que encantam turistas brasileiros e estrangeiros.

Outros destinos que aliam belezas naturais e atrações turísticas também entraram na lista dos mais visitados como a Reserva Extrativista Arraial do Cabo, na Região dos Lagos (RJ), que aparece na quarta colocação; e o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE) que surge em quinto lugar. O arquipélago é outro destino brasileiro reconhecido pela Unesco como patrimônio natural da humanidade e ocupa o topo da lista das mais belas praias do mundo. Todas essas unidades de conservação oferecem uma excelente infraestrutura turística e de lazer para os visitantes.

O incremento na visitação reflete, também, em um maior interesse das pessoas pelas opções de lazer em meio a natureza. Na lista das 10 unidades mais visitadas, pela primeira vez e já na sétima posição, aparece o Monumento Natural do Rio São Francisco, entre os estados de Sergipe, Alagoas e Bahia. O MoNa faz parte da Caatinga e destaca-se pelos paredões rochosos no lago da Hidrelétrica de Xingó. As cidades nas margens do “Velho Chico” oferecem infraestrutura turística diversificada e atrativos culturais, como a Rota do Cangaço e de lazer e aventura. Os Cânions do São Francisco ficaram atrás do Parque Nacional da Serra da Bocaina, localizado na divisa do Rio de Janeiro e São Paulo, o sexto atrativo natural mais visitado.

As três últimas colocações, entre as 10 unidades de conservação brasileiras mais visitadas ficaram com a Área de Proteção Ambiental da Costa dos Corais, famosa pelas piscinas naturais de Maragogi, entre outros atrativos do litoral norte de Alagoas; o Parque Nacional de Brasília (Água Mineral), localizado no entorno da Capital Federal, conhecido pelas piscinas de água corrente e trilhas em meio ao Cerrado preservado; e a Floresta Nacional de Carajás, no Pará. Todas essas unidades oferecem contemplação da natureza exuberante, além de uma infinidade de atrativos como: trilhas, ciclismo, banhos de rios e cachoeiras, sítios arqueológicos milenares, a magia e o esplendor do silencioso mundo subterrâneo das cavernas, entre outros.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114