» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Terça, 17 de abril de 2018, 19h55

Ministros do Turismo do G20 se reúnem na Argentina para um pacto pelo emprego


.

O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, participou nesta terça-feira (17) da 8ª Reunião de Ministros de Turismo do G20, em Buenos Aires, Argentina. No encontro, que contou com a participação do primeiro escalão mundial do Turismo, foi assinada a carta “O Futuro do Trabalho” que aborda o papel de liderança do turismo no desenvolvimento sustentável e na condução da geração de empregos. Segundo a WTTC, o turismo é responsável por um em cada dez empregos gerados no mundo. No Brasil, o setor emprega sete milhões de pessoas.

"Estamos trabalhando em uma importante agenda de reformas em nosso país. Especificamente no turismo, conseguimos duas grandes vitórias recentemente: a aprovação do trabalho intermitente e a implantação de vistos eletrônicos para atrair turistas de países prioritários. Agora trabalhamos para aprovar o projeto de lei que está em tramitação no Congresso Nacional que prevê a transformação da Embratur em agência, a abertura total de capital estrangeiro das empresas aéreas e a modernização da Lei Geral do Turismo. Todas essas medidas farão o Brasil dar um salto não só em sua participação no mercado mundial de viagens, mas também no desenvolvimento de sua economia e, principalmente, na geração de empregos”, afirmou Lummertz.

Após apresentação das medidas em curso, o ministro do Turismo ressaltou que a expectativa é que o Brasil passe de 6,6 milhões de turistas internacionais, em 2017, para 12 milhões, em 2022. Os números do turismo doméstico também serão impactados com a aprovação das medidas, passando dos atuais 60 milhões para 100 milhões em cinco anos. A expectativa é de impacto também na geração de empregos, com a abertura de novos dois milhões de postos de trabalho no setor.

Durante a reunião, o ministro do Turismo da Argentina, anfitrião do evento, destacou a importância do bloco de turismo do G20 para o desenvolvimento da economia mundial. “O Turismo é responsável por 313 milhões de empregos em todo o mundo, o mesmo que a população dos Estados Unidos. Esse número demonstra a importância de nosso setor para a economia e como é importante sentarmos à mesa das grandes decisões”, disse. Para o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Zurab Pololikashvili, o turismo já é um dos principais setores da economia e pode ser parte da solução dos problemas mundiais.

SOBRE A CARTA – “O Futuro do Trabalho” tem o apoio de representantes do G20, além de países convidados, Comissão Europeia, Organização Internacional do Trabalho, Organização Mundial do Turismo e Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC). Por ser um importante gerador de empregos e renda para os países, o texto reforça o objetivo de promover um crescimento forte, sustentável, equilibrado e inclusivo.

Diante deste cenário, os signatários se comprometeram com a promoção de políticas que facilitem o processo de inovação no Turismo de olho na criação de empregos e na valorização do empreendedorismo entre mulheres e jovens. No cenário da inovação, eles se comprometem a estabelecer centros de inovação do turismo, incentivos e programas para estimular a inovação, empreendedorismo e conectar start-ups, grandes empresas, investidores e governos.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114