» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Sábado, 19 de maio de 2018, 07h33

A caçula entre as capitais completa 29 anos


Flávio André
.

Os 29 anos da capital do Tocantins, inaugurada em 20 de maio de 1989 e instalada em 1º de janeiro de 1990, refletem sua modernidade. Com cerca de 300 mil habitantes vindos de todas as regiões do Brasil, Palmas recebe, em média, 10 mil moradores por ano que enriquecem a diversidade cultural com contribuições na culinária, na música e na cultura em geral.

Palmas foi a última das cidades brasileiras planejadas no século XX e conta com avenidas largas e dotadas de paisagismo. A arquitetura arrojada se caracteriza na divisão urbanística de grandes quadras comerciais, residenciais e setores industriais. A Praça dos Girassóis, com 570 mil metros quadrados, é uma das maiores do mundo e o coração da cidade. Considerada cartão postal de Palmas, o local abriga as sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do Tocantins. Entre os vários monumentos que encantam os turistas, destaca-se o Palácio Araguaia.

No passeio pela praça, o turista ainda contempla diversos monumentos que homenageiam o povo e a história do Tocantins, como o Monumento de Súplica dos Pioneiros, Relógio do Sol, Monumento aos Dezoito do Forte, Monumento à Bíblia, Museu Memorial Coluna Prestes, Cruzeiro, no local da primeira missa de Palmas, Rosa dos Ventos com o Centro Geodésico do Brasil, Mapa do Tocantins, Cascata, Fonte Luminosa, Frisas e Brasão do Estado, além de quiosques com comidas típicas e jardins do Palácio Araguaia.

 

.

Palmas é conhecida pela beleza cênica em meio a exuberância do Cerrado. A cidade, localizada entre o rio Tocantins e a Serra do lajeado, é banhada pelo lago artificial de Palmas com mais de 100 km de extensão. As praias urbanas, além das ilhas, bares e restaurantes ao longo da orla recebem visitantes o ano inteiro. Passeios de barco, esportes náuticos e pesca esportiva completam as opções que o turista encontra no entorno do lago. Um programa imperdível é assistir ao cair do dia no lago.

A zona urbana é dotada de áreas de lazer, feiras cobertas, espaços culturais e áreas verdes. Um dos destaques é o Parque dos Povos Indígenas que sediou a 1ª edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas e contou com a participação de 1.800 atletas de várias etnias brasileiras e de outros países. Já o Parque Cesamar é a principal área verde de Palmas com diferentes espaços de lazer, opções de esportes e lago. É também uma ótima opção para quem deseja fazer um piquenique em meio à natureza.

Além de polo de turismo de negócios, Palmas sedia grandes eventos geradores de fluxo turístico como o Arraiá da Capital durante os festejos juninos, Palmas Capital da Fé, evento gospel durante o carnaval; e o Natal dos Sonhos, onde as avenidas são transformadas em túneis de luzes. O tradicional Festival Gastronômico de Taquaruçu é realizado no mês de setembro e reúne pratos elaborados com ingredientes locais, além de música, dança, cultura popular e artesanato.

Localizado na região serrana da capital, o distrito de Taquaruçu possui clima ameno e bucólico que fazem do local refúgio de campo dos palmenses. Taquaruçu também é muito procurado pelos amantes de natureza e aventura com trilhas que levam a dezenas de cachoeiras, além de opções de esportes radicais como rapel, tirolesa, parapente e voo livre para quem curte contemplar a natureza sem abrir mão da adrenalina.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114