» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Terça, 10 de julho de 2018, 21h16

Brasil e México avaliam ações para cooperação em turismo


Representantes do Ministério do Turismo e o embaixador do México no Brasil, Salvador Arriola, discutiram nesta terça-feira (10), em Brasília, o plano de trabalho voltado à implementação de um memorando entendimento na área de turismo firmado no ano de 2015 com a Secretaria de Turismo daquele país. O acordo prevê o fortalecimento da cooperação no setor a partir da adoção de medidas como a promoção de atrativos e destinos para aumentar o fluxo bilateral de visitantes.

Além da crescente troca de experiências, Arriola defendeu o irmanamento de cidades coloniais dos dois países, a exemplo de municípios históricos de Minas Gerais, de forma a permitir a divulgação conjunta no mercado internacional. “A ideia seria aproveitar o fluxo de turistas para cidades como o Rio de Janeiro e São Paulo e sugerir destinos de Minas Gerais, explorando a arquitetura, a cultura religiosa e a gastronomia, fazendo o mesmo com cidades coloniais mexicanas, para difundir essas atrações”, declarou o diplomata.

Técnicos do Ministério do Turismo apontaram a necessidade de avanços em questões como a conectividade aérea, o que pode incrementar o movimento de viajantes a partir de uma maior oferta de voos. Nesse sentido, a diretora do Conselho de Promoção Turística do México, Diana Pomar, sugeriu atenção especial para os estados do Nordeste brasileiro com o objetivo de facilitar a chegada de visitantes mexicanos assim como possibilitar o movimento inverso.

Cancún, um dos centros turísticos mais importantes do México, é considerado modelo na implantação de Áreas Especiais de Interesse Turístico. Estas localidades possuem legislações específicas, com incentivos fiscais e licenciamento ambiental diferenciado, de forma a atrair negócios. Os participantes do encontro também debateram a organização de encontros entre empresários, a fim de divulgar oportunidades de investimentos.

O acordo Brasil-México, que considera o turismo um fator determinante ao desenvolvimento econômico dos dois países, também envolve o intercâmbio de dados estatísticos a respeito do ramo, a fim de favorecer o planejamento de ações.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114