» mais
Comentar           Imprimir
Turismo
Sábado, 23 de março de 2019, 11h38

Capital na ilha: Florianópolis celebra 346 anos



Os turistas e florianopolitanos celebram neste sábado (23), com muita festa e atividades diversificadas, o aniversário da capital catarinense, fundada em 1673, com o nome de Nossa Senhora do Desterro em homenagem à padroeira, cuja catedral é um dos monumentos mais visitados no centro histórico. A cidade conta com uma parte insular (ilha de Santa Catarina) e outra continental. Desde 1927 a ponte pênsil Hercílio Luz, com 820 metros de comprimento ligando os dois lados da ilha, tornou-se um dos símbolos da cidade. Pela sua localização estratégica, a Ilha era protegida por uma rede de 10 fortalezas, algumas delas continuam abertas à visitação turística.
 

.

O nome atual foi adotado a partir de 1894 para homenagear o segundo presidente do Brasil, Marechal Floriano Peixoto. Ainda no centro histórico, na Praça XV de Novembro, que abriga uma figueira gigante, o turista pode visitar o Palácio Cruz e Souza, antiga sede do governo, hoje museu histórico. Entre outros atrativos turísticos que poderão ser alcançados a pé em um passeio pelo centro de Florianópolis, está o Largo da Alfandega, onde fica o Mercado Público. O ponto de encontro entre os turistas e os “manezinhos”, como são chamados os moradores da ilha, é também um dos polos de gastronomia, artesanato e cultura da capital catarinense. Pertinho do centro fica a cosmopolita Avenida Beira-Mar Norte.

A beleza natural de Florianópolis encanta os turistas. A cidade vem se firmando como um dos principais destinos turísticos do Mercosul. São cerca de 100 praias, entre elas, Jurerê, Canasvieiras, Ingleses, Armação, Praia Mole e Joaquina. Enquanto umas são famosas pela agitação dia e noite, outras se destacam pelos esportes náuticos como surf, windsurfe, kitesurf, vela e mergulho no entorno da ilha. Entre outros destaques naturais da ilha, a beleza da Lagoa da Conceição chama a tenção dos visitantes. Nos arredores da lagoa ficam restaurantes renomados e as rendas de bilros, artesanato de tradição açoriana trazido pelos colonizadores do arquipélago português. O aspecto arquitetônico colonial predomina nos bucólicos bairros de Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da Ilha, ambos famosos pelo casario colorido e restaurantes de frutos do mar com destaque para os pratos à base de ostras.

Cidade Criativa  – Florianópolis foi a primeira cidade brasileira a conquistar o título de Cidade Criativa da Unesco e, entre os dias 27 e 29 de março, vai sediar a segunda edição do Ecriativa. O evento reunirá os oito destinos turísticos que fazem parte da rede brasileira de Cidades Criativas da Unesco: Florianópolis, Belém e Paraty (cidades criativas no segmento gastronômico); Brasília e Curitiba (design); João Pessoa (artesanato); Salvador (música); e Santos (Cinema).

A rede foi criada em 2004 e conta, atualmente, com 180 cidades em 72 países. O objetivo é promover a cooperação entre as cidades que têm a criatividade como estratégia para alcançar os objetivos sustentáveis da ONU.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114