» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Sexta, 02 de fevereiro de 2018, 10h45

Vai fazer festa de Carnaval? Sabia como pedir ligação provisória de energia


Fevereiro chegou e em menos de dez dias as comemorações do Carnaval começam a alegrar a população. E você, vai fazer uma festa ou baile? Atenção então para os prazos e procedimentos de solicitação de ligação provisória de energia elétrica e curta a folia de Momo com tranquilidade.

Cindy Gomes, coordenadora de Processos Comerciais da Energisa Mato Grosso, explica que o prazo para o pedido de ligação provisória é de cinco dias úteis antes do evento a ser realizado. O pedido pode ser feito diretamente nas agências de atendimento, no caso dos clientes residenciais. Os clientes do Poder Público e do Grupo A devem buscar orientações dos gestores de clientes da região.

“É importante que o cliente leve os documentos necessários no dia da solicitação. Também deve-se observar se não há débitos de energia em aberto e se há rede de distribuição de energia no local, a uma distância máxima de 40 metros da unidade consumidora”, pontua Cindy.

Na agência, o solicitante deve apresentar, em caso de pessoa física, CPF e RG, relação da carga instalada (ou seja, tudo o que será usado no local), Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e nos casos de evento em local público, deve-se apresentar também a declaração formal do órgão competente (por exemplo, alvará/declaração da Prefeitura).

Para clientes Pessoa Jurídica, é necessário apresentar o CNPJ e documentos pessoais do representante legal, documento de constituição da Pessoa Jurídica, relação da carga contratada, ), Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e nos casos de evento em local público, deve-se apresentar também a declaração formal do órgão competente (por exemplo, alvará/declaração da Prefeitura).

Os endereços das Agências de Atendimento da Energisa estão disponíveis no site www.energisa.com.br, no item Localize uma Agência.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114