Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Terça, 06 de fevereiro de 2018, 07h06

Suporte do Sei passa a ser efetuado por telefone e e-mail


A partir de segunda-feira (05), o suporte para responder as dúvidas relacionadas à utilização do Sistema Eletrônico de Informações (Sei) passa a ser realizado apenas pelo telefone (65) 3313 7380, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, e pelo e-mail sei@ufmt.br.Com isso, o espaço que o suporte ocupava, na Secretaria de Tecnologia da Informação (STI), será desativado e integrado, apenas fisicamente, ao Protocolo Central.

De acordo com Raphael Pires, presidente de Comissão de Gestão e Acompanhamento do Sei, de setembro, quando o Sistema foi implantado, até outubro, houve um grande número de ligações para o suporte, mas já em novembro foi percebida uma queda significativa das mesmas, o que indicaria a familiarização dos usuários. “Agora, as dúvidas estão sendo bem pontuais e os servidores do Protocolo Central estão capacitados para atender todas as demandas”, pontua. “Além disso, acho que a maioria das pessoas já sabem usar o Sistema ou, quando tem dúvida, preferem perguntar para um colega e assim todos vão se ajudando”, completa.

Sucesso

Quanto ao andamento da implementação do Sistema, Raphael Pires comenta o sucesso da adesão por parte da comunidade acadêmica.

“Está tudo correndo bem, tudo dentro do planejado, está sendo um sucesso muito grande a implantação do sistema. A própria comunidade, tanto dos técnicos quanto dos professores e dos alunos, já notaram a mudança que teve dentro da Instituição com a velocidade de tramitação dos processos, que tornou tudo bem mais ágil”, conclui.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114